Informações sobre o álbums
  • editoria:
  • galeria:
  • link: http://noticias.uol.com.br/album/2018/03/14/professores-protestam-na-camara-de-sp-contra-mudanca-na-previdencia.htm
  • totalImagens: 17
  • fotoInicial: 7
  • imagePath:
  • baixaResolucao: 0
  • ordem: ASC
  • legendaPos:
  • timestamp: 20180314164506
    • Notícias [35976];
Fotos

14.mar.2018 - Os professores municipais de São Paulo, Valeria Marques Mendes e Ivan Canoletto Rodrigues, que estão acampados em frente à Câmara de São Paulo. Eles protestam no local desde a noite dessa terça (13) e acamparam na calçada da Casa legislativa com oito barracas contra o projeto na Câmara Municipal que propõe mudanças na Previdência dos funcionários do município Janaina Garcia/UOL Mais

14.mar.2018 - A Câmara Municipal de São Paulo, região central da cidade, foi fechada para o acesso ao público no final da manhã, após uma tentativa de invasão comandada por professores da rede pública municipal. Janaina Garcia/UOL Mais

14.mar.2018 - Manifestantes contra o projeto que propõe mudanças na Previdência dos funcionários do município tentam estourar vidraças da porta de entrada da Câmara Municipal, na região central da cidade de São Paulo, com uma grade. Os manifestantes já haviam tentado entrar no prédio à força por volta das 11h30, logo após fecharem a rua com placas e gritos de guerra Roberto Casimiro/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Manifestante chuta o vidro da porta de entrada da Câmara Municipal de São Paulo, região central da cidade. No protesto, os docentes da rede municipal, apoiados por servidores de outras áreas como saúde, cultura e assistência social gritaram "Se votar, não vai voltar", em referência ao ônus eleitoral que a aprovação poderia acarretar aos vereadores que endossarem o projeto. Kevin David/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Manifestante tenta pular grade da Câmara Municipal de São Paulo. Dario Oliveira/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Guardas da GCM (Guarda Civil Metropolitana) entram com cães de guarda dentro da Câmara Municipal de São Paulo. Janaina Garcia/UOL Mais

14.mar.2018 - Professora é ferida durante confusão na Câmara Municipal de São Paulo. A PM (Polícia Militar) e a GCM (Guarda Civil Metropolitana) dispersaram com bombas de efeito moral e balas de borracha professores da rede pública de São Paulo que protestavam na Câmara Municipal. Suamy Beydouni/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Bombas de efeito moral são lançadas para dispersar os manifestantes na área externa da Câmara Municipal de São Paulo. O estopim para a confusão foi, segundo relato dos manifestantes, a agressão a uma professora dentro do Salão Nobre da Câmara, onde a CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) se reunia para debater o projeto. Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Professores fogem das bombas de efeito moral lançadas pela PM (Polícia Militar) durante manifestação na frente da Câmara Municipal de São Paulo. Kevin David/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Manifestantes tentam fugir das bombas de efeito moral e das balas de borracha disparadas pela PM(Polícia Militar) e pela GCM (Guarda Civil Metropolitana). Algumas das bombas lançadas pelos policiais chegaram até a calçada oposta à da Câmara, onde ficam prédios residenciais. Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Manifestante levanta cartaz em protesto contra o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB). A audiência da CCJ discute mudanças na Previdência para os servidores municipais de São Paulo. Erik Teixeira/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Manifestantes protestam contra o projeto na Câmara Municipal de São Paulo que propõe mudanças na Previdência dos funcionários do município. Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo Mais

14.mar.2018 - Manifestantes protestam na área interna da Câmara Municipal de São Paulo contra o projeto que propõe mudanças na Previdência dos funcionários do município. O projeto não está na pauta da sessão extraordinária de hoje da Câmara, marcada para esta tarde e que conta com 123 projetos de iniciativa parlamentar. Apesar disso, o regimento da Casa abre brecha para que a tramitação em comissões seja acelerada, se o projeto passar pela CCJ. Aloisio Mauricio/Estadão Conteúdo Mais

15.mar.2018 - Professores e outros servidores da rede municipal de ensino voltam a se manifestar em frente ao prédio da Câmara Municipal de São Paulo, região central da cidade, nesta quinta-feira (15), contra o projeto na Câmara Municipal que propõe mudanças na Previdência dos funcionários do município. A manifestação toma conta de toda a extensão do viaduto Jacareí Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo Mais

15.mar.2018 - Manifestante exibe cartaz enaltecendo o protesto de servidores municipais nesta quinta-feira (15). Dois carros de som estão diante da Câmara, que permanece com os portões fechados. Os manifestantes gritam as palavras de ordem "A casa é do povo", referindo-se à Câmara Fábio Vieira/Estadão Conteúdo Mais

15.mar.2018 - Manifestante faz protesto em defesa da professora Luciana Xavier, 42, que foi agredida na última quarta-feira (14) pela GCM (Guarda Civil Metropolitana) durante o primeiro dia de protesto na Câmara Municipal de São Paulo. Os manifestantes dizem que querem entrar na Câmara, mas de forma pacífica, e afirmam que não deixarão o local nem mesmo sob "balas de borracha e bombas" Kevin David/Estadão Conteúdo Mais

15.mar.2018 - Professores e outros servidores públicos protestam com cartazes criticando o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB). Nesta quinta-feira (15), profissionais de outras áreas encorparam a manifestação. Além de professores em greve, o ato tem a participação de agentes da vigilância sanitária, farmacêuticos, médicos e enfermeiros que atuam na Prefeitura Suamy Beydoun/Estadão Conteúdo Mais

Professores protestam na Câmara de SP contra mudança na Previdência

Últimos álbuns de Notícias

UOL Cursos Online

Todos os cursos