Cérebro e mente

Dicas simples para você ser mais eficiente no trabalho, segundo a ciência

Aretha Yarak

Colaboração para o UOL

  • Getty Images/iStock/RaStudio

Você chega no trabalho, tenta se concentrar, mas tem a sensação de que não rende como deveria. Para dificultar sua capacidade de manter o foco, existem milhares de distrações ao alcance das mãos: notificações de redes sociais e de aplicativos de mensagens e joguinhos no celular.

"A concentração precisa de treino, quanto mais você praticar, melhor fica", comenta Jesus Landeira-Fernandez, diretor do Departamento de Psicologia e membro do Instituto Interdisciplinar de Neurociências e Cognição, ambos da PUC-Rio.

A eficiência no trabalho, entretanto, não depende apenas de atenção e foco. É preciso ter jogo de cintura em encontrar soluções criativas para os problemas que surgem. E como fazer isso de um jeito rápido, eficaz e assertivo? A ciência pode ajudá-lo a desenvolver técnicas e mecanismos para melhorar seu rendimento. 

"Cada pessoa se adapta e responde melhor a algumas delas, não há uma receita definitiva", alerta Landeira-Fernandez.

1

Treine o foco

Pense no seu cérebro como um músculo do corpo que você trabalha na academia. Quanto mais exercício é feito, mais desenvolvido ele fica. O mesmo vale para sua concentração. Se hoje você consegue manter apenas 10 minutos de foco sem desvio de atenção, com o tempo esse período pode ser cada vez maior. ?A média de capacidade de foco é de 30 a 40 minutos?, comenta Landeira-Fernandez.

2

Alterne projetos

É mais fácil encontrar boas soluções para problemas diferentes se você alternar sua atenção entre eles. Esse revezamento ajuda o cérebro a evitar o que foi chamado de fixação cognitiva. Isso significa que, quando você se mantém no mesmo problema por muito tempo, pode acabar entrando numa espécie de círculo vicioso (de ideias ruins). Por outro lado, quando alterna projetos em tempos determinados, seu cérebro acaba "reiniciando" o pensamento, o que permite que você veja o problema por ângulos diferentes.
Compartilhe

3

Faça intervalos

Uma pesquisa da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, demonstrou que fazer uma pequena pausa a cada uma hora pode aumentar sua produtividade. A tese dos cientistas é a de que, com o passar do tempo, o cérebro acaba se ?acostumando? com o estímulo (seja ele visual, auditivo, perceptivo...) e para de considerar aquela tarefa algo importante de nota. Isso faz com que nossa atenção decaia. Mas isso muda após pequenos intervalos. Ao retornar à atividade, você estará com foco e energia renovados para completar a tarefa com mais eficácia.

4

Barulho para ajudar na concentração

Parece paradoxal, mas, de acordo com uma pesquisa da Universidade de Chicago, ligar o fone do ouvido pode ajudar você a se concentrar. E isso é particularmente eficiente quando o ambiente de trabalho é barulhento - escritórios movimentados, coworkings lotados ou até mesmo os sons de gente dentro de um café. Os pesquisadores afirmam que, embora o silêncio seja extremamente importante para o foco em tarefas difíceis, um ambiente com barulho controlado (volume moderado) promove o processamento abstrato. E isso ajuda a elaborar ideias criativas para problemas complicados.

5

Girar a caneta funciona

Tem gente que gira a caneta entre os dedos, outros brincam com um elástico ou com uma bolinha de estresse. Não importa como você extravasa sua inquietação, ela pode ajudar a focar em outra tarefa. Funciona assim: se você está fazendo algo que acha pouco interessante, essa atividade secundária de mexer com um objeto ajuda seu cérebro a ficar totalmente comprometido. Em outras palavras: girar a caneta na mão distrai o cérebro da atividade chata para que você consiga prestar atenção naquilo que está lendo, ouvindo ou vendo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos