PUBLICIDADE
Topo

Reinaldo Azevedo

Temor de 2ª onda da covid na Europa afeta mercado: bolsas caem e dólar sobe

Reinaldo Azevedo

Reinaldo Azevedo, que publicou aqui o primeiro post no dia 24 de junho de 2006, é colunista da Folha e âncora do programa "O É da Coisa", na BandNews FM. No UOL, Reinaldo trata principalmente de política; envereda, quando necessário - e frequentemente é necessário -, pela economia e por temas que dizem respeito à cultura e aos costumes. É uma das páginas pessoais mais longevas do país: vai completar 13 anos no dia 24 de junho.

Colunista do UOL

28/10/2020 18h36

Em um dia marcado pela instabilidade nos mercados internacionais, que acompanham a segunda onda de covid-19 na Europa e nos Estados Unidos, o dólar fechou em forte alta de 1,39%, a R$ 5,7619, apesar da realização de um leilão pelo Banco Central para conter os preços. Já a Bolsa de Valores de São Paulo, a B3, engatou sua quarta queda seguida para fechar na mínima do dia, aos 95.368,76 pontos nesta quarta-feira, 28, com um tombo de 4,25%, o maior para um dia desde abril.

Pela manhã, a moeda americana chegou a subir 1,9%, sendo cotada a R$ 5,79 - foi a primeira vez em cinco meses que o dólar ultrapassou R$ 5,75. Logo depois das 10h, o Banco Central fez um leilão de moeda americana de US$ 1 bilhão e a cotação desacelerou para o patamar de R$ 5,73. No entanto, de olho no noticiário pouco favorável do exterior, a moeda rapidamente voltou a subir e ganhou novo fôlego no final da sessão. No ano, ela acumula valorização de mais de 40%. (...) Leia íntegra no Estadão.