Metroviários de SP anunciam paralisação para amanhã (1º)

Do UOL Notícias

Em São Paulo

Os metroviários de São Paulo prometem paralisar suas atividades por um dia nesta terça-feira (1º) nas quatro linhas da capital operadas pelo Metrô (1, 2, 3 e 5). A categoria realizará uma assembleia no início da noite de hoje (31) para confirmar a paralisação, que foi decida na última assembleia dos trabalhadores, realizada na quinta-feira (27), de acordo com informações do Sindicato dos Metroviários.

Os servidores reivindicam reajuste salarial de 5,81% e aumento real de 4,25%. O Metrô propôs reajuste de 5,05% e afirma que não pode conceder aumento real por conta do ano eleitoral. Segundo a categoria, a greve de advertência agendada para amanhã só não ocorrerá se até o final do dia a estatal apresentar uma proposta melhor.

"Estamos em campanha salarial desde 1º de maio (data-base da categoria). Fizemos duas reuniões de negociação, e eles [o Metrô] nos apresentaram uma proposta final, que ficou aquém do esperado e foi rejeitada pela categoria. Como o Metrô encerrou as negociações, nós tivemos uma assembleia na quinta que decidiu pela paralisação", afirma César Amaral, diretor do Sindicato dos Metroviários de SP.

O Metrô informou que está mantendo diálogo com os funcionários e com o sindicato da categoria em busca de um entendimento para a atual negociação salarial. O sindicato informou que recebeu nesta tarde uma proposta da estatal, mas não informou o conteúdo dela.

Além do aumento salarial, os metroviários exigem a estruturação de um plano de carreiras, o fim da diferenciação salarial para funcionários que cumprem uma mesma função e o aumento do valor pago pela participação nos resultados. A paralisação não inclui a Linha 4-Amarela do Metrô, que é operada por um grupo privado, o consórcio Via Quatro.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos