"Maníaco do volante" é condenado a 28 anos de prisão em Minas Gerais

Rayder Bragon
Especial para o UOL Notícias
Em Belo Horizonte

O pintor Marcos Antunes Trigueiro, 32 anos, conhecido como "maníaco do volante", foi condenado nesta quinta-feira (30) a 28 anos de prisão pela morte da comerciante Maria Helena Aguilar, em setembro do ano passado. O julgamento foi realizado no Fórum Lafayette, em Belo Horizonte, e o júri popular estava formado por duas mulheres e cinco homens. O réu negou durante a audiência ter estuprado e assassinado a comerciante.

Marcos Antunes Trigueiro já havia sido condenado a 34 anos e quatro meses de reclusão em junho último

De acordo com a sentença, proferida pelo juiz Glauco Eduardo Soares Fernandes, presidente do segundo Tribunal do Júri, Trigueiro foi condenado a 18 anos pelo homicídio, a mais oito anos pelo estupro e outros dois anos por furto praticado contra a vítima.

Segundo a denúncia, em setembro de 2009, Trigueiro simulou assalto contra Maria Helena, 48 anos, quando ela estava em seu veículo no bairro Industrial, divisa de Belo Horizonte com Contagem. Ele a obrigou a dirigir até o bairro Califórnia, região noroeste da capital. Após manter relações sexuais com ela, usou o cinto de segurança do carro para estrangular e matar a vítima. Em seguida, ele tomou a direção e deixou o carro com o corpo da comerciante em uma estrada secundária da BR-040, sentido Rio de Janeiro, segundo a denúncia. O advogado de defesa não informou se vai recorrer. Familiares da comerciante saíram da audiência de julgamento, que se encerrou no início da tarde, sem falar com a imprensa.

Trigueiro já havia sido condenado a 34 anos e quatro meses de reclusão em junho desse ano por homicídio qualificado, estupro, furto e ainda por expor a vida de uma criança a perigo iminente. Os crimes foram cometidos em abril de 2009. A vítima, a empresária Ana Carolina Menezes de Assunção, 27, estava em seu carro com o filho de um ano e meio no bairro Alto dos Pinheiros, região Noroeste de Belo Horizonte. Segundo as investigações da polícia, a criança foi encontrada dormindo sobre o corpo da mãe.

Réu confesso, ele ainda vai ser julgado por dois assassinatos cometidos contra duas mulheres. Os julgamentos, segundo a assessoria do TJ de Minas Gerais, deverão ser feito s nas cidades de Nova Lima e Ibirité, localizadas na região metropolitana. Ele está preso na penitenciária de segurança máxima Nelson Hungria, em Contagem, região Metropolitana de Belo Horizonte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos