PUBLICIDADE
Topo

Vira-lata Lassie é adotada por policiais e vira mascote em delegacia do interior da Bahia

Aliny Gama<BR>Especial para o UOL Notícias<BR>Em Maceió

04/11/2011 13h26

A protagonista do filme "Lassie", um clássico da década de 1940 que mostra a amizade do cão com o homem, inspirou os policiais da delegacia de Brumado (552 km de Salvador) a adotar uma cadela vira-lata a quem deram o mesmo nome da outra, a do filme. Há um ano a Lassie baiana chegou à delegacia para mudar o clima hostil do local e acabou virando mascote dos policiais.

Lassie foi entregue ainda bebê por um agente, que morreu meses depois durante uma ação policial. Mas, apesar de ter perdido o “pai”, ela não ficou órfã: os agentes de plantão se revezam para cuidar dela. “Comida, ração e carinho não faltam”, diz uma agente que pediu para não ser identificada.

A cadela se adaptou ao local e até tem privilégios quando vai tomar banho de sol. Ela sobe no teto dos carros dos agentes e, ali, fica à vontade, longe dos outros cachorros que circulam pela região, inclusive dos “pretendentes”.

“A Lassie sobe para não ser perturbada pelos cachorros que passam na rua. Quando ela entrou no cio vieram muitos candidatos, mas ela encontrou essa forma de ficar reservada”, informou o agente Alexandre Lima.

Lima relatou que Lassie já teve seu dia de estrela quando evitou uma fuga em massa da delegacia, no início do ano.

“Os presos serraram as grades sem que ninguém visse e estavam saindo pelo buraco quando ela notou a movimentação e começou a latir. Quando fomos ao corredor flagramos os detentos tentando fugir e abortamos a fuga. Tudo porque ela latiu e avisou”, disse Lima.

Devido à fragilidade da segurança da delegacia, o prédio passa por reformas e atualmente não abriga nenhum preso.

Cotidiano