PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

PF prende brasileiro que abrigava africanos ilegais no RS

Lucas Azevedo

De Porto Alegre

29/03/2012 18h39

A Polícia Federal prendeu nesta quinta-feira (29) um homem apontado como facilitador do trânsito de imigrantes ilegais entre o Brasil e a Argentina. O homem – que não teve a identidade revelada – foi preso em casa, na cidade de Uruguaiana, na fronteira do Rio Grande do Sul com o país vizinho.

O homem é acusado de participar de uma rede que dá assistência a africanos, alguns deles ilegais no Brasil. Na sua residência foram encontrados dez senegaleses, sendo dois em situação irregular.

O suspeito foi preso em flagrante por ocultar e transportar estrangeiro em situação irregular, crimes previstos no Estatuto do Estrangeiro. Ele pagou uma fiança de cinco salários mínimos (R$ 3.110), e responderá o processo em liberdade.

O brasileiro recebia os estrangeiros na rodoviária de Uruguaiana e os levava até sua casa. De lá, eles eram conduzidos ilegalmente para a Argentina. No país vizinho, os estrangeiros buscavam trabalho ou traziam mercadorias para serem revendidas em São Paulo. Alguns também atuavam no tráfico de drogas – há duas semanas, as autoridades argentinas flagraram dois africanos com um carregamento de cocaína, cujo destino era o Brasil.

Segundo o delegado da Polícia Federal Fabrício Padilha, a maioria dos imigrantes que faz essa rota é irregular no Brasil, porém já está há algum tempo no território nacional. “Informalmente, ele [brasileiro autuado] nos disse que cobrava entre R$ 30 e R$ 50 de cada imigrante para recebê-lo e conduzi-lo à Argentina.”

O delegado disse ainda que, de uns anos para cá, tem-se observado na região um crescente trânsito de imigrantes, principalmente africanos, muitos deles ilegais. Os dois senegaleses apreendidos nesta quinta foram notificados a regularizar a situação em até três dias.

Cotidiano