Violência no Rio

Mulher é estuprada em mirante na floresta da Tijuca, na zona norte do Rio

Gustavo Maia

Do UOL, no Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro está à procura de um homem que estuprou uma mulher nas proximidades da Vista Chinesa, no Parque Nacional da Tijuca, zona norte da capital fluminense, na tarde da última segunda-feira (4). O mirante é um dos principais pontos turísticos do Rio.

Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro
Segundo a polícia, a mulher informou que o estuprador é "negro, tem entre 35 e 40 anos, 1,80m e usava luvas similares as de tratamento para queimaduras até o antebraço"

As investigações estão sendo realizadas pela 19ª DP (Tijuca). De acordo com a assessoria de comunicação do parque, o crime aconteceu por volta das 15h, em uma via que liga a Vista Chinesa à "Cachoeira do Quebra", no bairro do Alto da Boa Vista. O comando do BPTur informou que policiais patrulham a região diariamente entre 7h e 19h e que uma viatura fica baseada na frente do mirante.

Segundo relato do irmão da vítima à administração do parque, o indivíduo que abusou sexualmente da mulher estava armado e a levou para um matagal. Ela estava praticando exercícios no local.

Ainda segundo a administração do parque, o local onde ocorreu o crime é uma "via pública dentro de uma área federal", que é policiada pelo BPTur (Batalhão de Patrulhamento de Áreas Turísticas), e os vigilantes do local controlam apenas o acesso dos visitantes nas guaritas. A assessoria do Parque Nacional informou ainda que este foi o único registro de estupro na área este ano.

A segurança do parque, que tem 39,5 km² de extensão, é compartilhada entre os governos federal, estadual (Polícia Militar) e municipal (Guarda Municipal), enquanto os vigilantes e monitores respondem pela conservação ambiental da área e pelo controle de acesso de veículos.

Em nota oficial, a Polícia Civil informou apenas que as investigações seguem em sigilo e que diligências estão sendo realizadas pelos agentes da 19ª DP. A reportagem tentou, sem sucesso, entrar em contato com o delegado Deoclécio Assis, responsável pelo caso. (Com Estadão Conteúdo)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos