Jovem é detido acusado de filmar por baixo de saia de estudante em supermercado de SP

Demetrio Vecchioli

Colaboração para o UOL

  • Reprodução

    Jovem filmou estudante em supermercado da região de Perdizes, em São Paulo

    Jovem filmou estudante em supermercado da região de Perdizes, em São Paulo

Um homem foi detido na noite de terça-feira (16) em Perdizes, bairro nobre da Zona Oeste de São Paulo, após usar o celular para filmar diversas vezes por baixo da saia de uma mulher dentro de um supermercado. No aparelho, os policiais encontraram outras filmagens semelhantes, feitas dentro de supermercados e do metrô. O bancário Leonardo do Valle Balbino, de 25 anos, foi liberado após prestar depoimento no 91.º DP, na Vila Leopoldina. Ele foi indiciado por importunação ofensiva ao pudor e vai responder em liberdade. 

De acordo com a estudante de publicidade Brenda Couto, que denunciou o bancário, ela e o namorado, Luan Townsend, estavam fazendo compras em um supermercado da rede Pão de Açúcar quando Leonardo agiu. Luan estranhou o comportamento de Leonardo, que diversas vezes ficou bastante próximo de Brenda. Em determinado momento, segundo ele, o acusado se abaixou para pegar um produto na prateleira de baixo enquanto Brenda retirava outro na prateleira mais alta.

Ainda de acordo com a versão de Luan, na fila do caixa, Leonardo colocou sua cestinha no chão encostando em Brenda, que estava de saia. Foi quando Luan viu o celular. "No meio dos produtos, dava para ver só a câmera do celular. Ele logo pegou a cesta e saiu e eu fui atrás dele. Cheguei e ele estava abrindo o vídeo, animado", conta Luan.

Quando o namorado da vítima pediu para ver o celular, Leonardo saiu correndo. Luan o alcançou cerca de três quarteirões dali e conseguiu imobilizá-lo. Ao chegar ao local, a Polícia Militar solicitou que o acusado destravasse seu celular e várias filmagens foram encontradas, inclusive as de Brenda.

"Eu fiquei com muito nojo. Primeiro que é o tipo que você não espera. Ele estava de roupa social. Não é o perfil de quem você não vai imaginar que possa fazer algo. Isso serviu para mostrar que qualquer tipo de pessoa pode fazer esse tipo de coisa. Ele não demonstrou qualquer tipo de respeito. Até pensei em não me expor, mas quem tem que ter vergonha é ele, não eu", comentou Brenda.

No Boletim de Ocorrência, consta que Leonardo confessou que estava filmando a vítima. Os policiais apreenderam o celular do acusado e a advogada de Brenda pretende solicitar as imagens das câmeras de segurança do supermercado.

O UOL procurou a defesa do bancário, mas nenhum advogado foi constituído por ele. Também tentou contato diretamente com Leonardo pelo número de celular apresentado no boletim de ocorrência, mas as ligações caíram na caixa postal. Depois, em contato com a noiva do suspeito, ela alegou que não sabia das acusações contra Leonardo. Mais tarde, porém, afirmou que o noivo admitiu o crime e pediu que a reportagem não fosse publicada. Apesar da solicitação de entrevista, o acusado não retornou as ligações até a publicação desta reportagem.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos