PUBLICIDADE
Topo

Mulher acusada de chefiar quadrilha de roubo de joias é presa no Rio

Fabiana Marchezi

Colaboração para o UOL

14/06/2018 18h06

Uma mulher de 20 anos foi presa nesta quarta-feira (13) sob acusação de comandar uma quadrilha especializada em assaltar joalherias e lojas de departamentos no Rio de Janeiro.

Segundo a Polícia Civil, Rychelle Santos Dias Gomes, que estava foragida da Justiça, foi detida durante um cerco montado por policiais da 19ª Delegacia de Polícia (Tijuca), em um dos acessos ao Morro da Formiga, após meses de investigações.

De acordo com as apurações policiais, a quadrilha, supostamente chefiada pela acusada, pode ter faturado cerca de R$ 500 mil em mercadorias. Rychelle foi reconhecida em diversas imagens de câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais assaltados.

Leia mais


Em uma das ações, registrada pela câmera de uma loja de telefonia, Rychelle entra com um comparsa no local. Enquanto ele anuncia o assalto para um funcionário e enche uma mochila de aparelhos celulares, ela vigia as atendentes e duas clientes. Antes de sair, a dupla ainda coloca alguns aparelhos em uma sacola. Os dois deixam a loja, mas o homem volta e arranca um celular das mãos de uma das atendentes.

Segundo a delegada titular da 19ª DP, Cristiana Onorato, Rychelle responde por roubo majorado pelo emprego de arma de fogo e associação criminosa.
Ainda conforme a polícia, o grupo de Rychelle praticava assaltos a estabelecimentos nas zonas norte e sul do Rio. A quadrilha é investigada em ao menos sete inquéritos instaurados em diversas delegacias que apuram roubos a estabelecimentos comerciais em diversos pontos da cidade. Os outros integrantes do bando, inclusive o que é visto com ela no vídeo, estão sendo procurados pela polícia.

Cotidiano