Abandonada por 5 dias após prisão dos pais, criança sobrevive comendo bolachas

Jéssica Nascimento

Colaboração para o UOL

Uma criança de apenas três anos foi resgatada por policiais militares após ficar trancada sozinha por cinco dias, em uma casa em Praia Grande, no litoral de São Paulo. O menino, que foi encontrado na última quinta-feira (06), sobreviveu se alimentando de bolachas e restos de comida. Os pais estão presos por tráfico de drogas.

A criança estava dormindo enrolada em um cobertor quando foi resgatada. Policiais chegaram até o local por meio de denúncias de vizinhos, que ouviram o menino chorando. Na residência, que fica na Rua Senador Azevedo Júnior, no bairro Sítio do Campo, foram encontrados insetos, fezes, urina e restos de comida.

Leia mais

Ao UOL, a Polícia Civil informou que acionou o Conselho Tutelar e que o garoto já está em um abrigo em São Paulo, onde receberá ajuda psicológica. O caso foi registrado como maus tratos e abandono de incapaz na Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Praia Grande.

Segundo a polícia, a mãe da criança, Ana Paula Reis de Sá Alfetro, de 32 anos, teria saído de casa no último domingo (2) para vender drogas, quando foi detida pela polícia com 17 porções de cocaína. 

O pai, que não teve a identidade revelada, também havia sido preso pelo mesmo crime, 10 dias antes. Nenhum dos dois informou a Justiça sobre a existência do menino.

O UOL entrou em contato com o Conselho Tutelar da região, mas até o momento não obteve retorno.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos