Topo

Quatro feridos com queda de avião permanecem internados em SP; um teve alta

Do UOL, em São Paulo

2018-12-01T16:54:54

01/12/2018 16h54

Quatro pessoas feridas com a queda de um avião nesta sexta-feira (30), na zona norte de São Paulo, permanecem internadas em hospitais da capital paulista neste sábado (1º). A queda da aeronave modelo Cessna C-120 no bairro da Casa Verde provocou as mortes do piloto Guilherme Murback e do copiloto Leonardo Imamura.

Uma criança de oito anos deixou na manhã de hoje a UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas permanece sob cuidados no Hospital Samaritano, na região central da cidade. “Seu quadro é considerado estável e ainda não tem previsão de alta", informou a instituição.

Duas pessoas estão internadas na ala de queimados do Hospital Geral de Vila Penteado, vinculado à rede estadual e situado na zona norte. Outro ferido levado para esta unidade recebeu alta neste sábado. A Secretaria Estadual da Saúde não informou o sexo e a idade dos feridos.

A quarta vitima que continua hospitalizada é um homem. Ele está no Hospital Municipal do Tatuapé, na zona leste, e seu estado é considerado estável. Uma mulher levada à mesma unidade recebeu alta ontem. De acordo com a secretaria municipal da Saúde, ambos sofreram queimaduras de segundo grau.

Onze pessoas ficaram feridas ao todo, sendo que cinco, com lesões leves, foram atendidas ontem no local pelo Samu.

Casas e veículos atingidos

A aeronave caiu sobre ao menos três casas perto do aeroporto Campo de Marte. Carros e caminhões também foram atingidos.

O avião decolou do Campo de Marte com destino a Jundiaí (SP) às 15h55 de ontem, mas caiu logo em seguida. O avião prefixo PR-JEE tinha capacidade para seis pessoas. De acordo com o sistema da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil), era um monomotor de 1.724 kg, registrado como propriedade de Fernando Matarazzo.

Mais Cotidiano