Topo

Criança está em estado grave após ser ferida por linha chilena no Rio

Linha chilena é usada normalmente em pipas - Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro
Linha chilena é usada normalmente em pipas Imagem: Divulgação/Polícia Civil do Rio de Janeiro

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio

02/04/2019 12h03

Uma menina de 8 anos está internada em estado grave desde domingo (31) após sofrer cortes nas duas pernas ao ser atingida por uma linha chilena (usada normalmente em pipas). Segundo a família, a criança passava por uma passarela na Avenida Brasil, altura de Realengo, na zona oeste do Rio, quando foi atingida pela linha que provocou o rompimento da veia femoral da perna esquerda.

A mãe da garota, Vanessa Souza, 26, disse ao UOL que ela e a filha voltavam da casa do pai quando a menina correu pela passarela e acabou sendo ferida. Um casal de pedestres parou para ajudar a família. A criança foi levada para o hospital municipal Albert Schweitzer, também em Realengo, onde passou por uma cirurgia. A equipe médica precisou retirar uma veia de um dos pés da criança para colocá-la na perna para auxiliar a circulação sanguínea na região.

"Era muito sangue. Achei que minha filha perderia as pernas. Ela está internada e acordou hoje muito agitada dizendo que não sente as pernas. Os médicos não descartam sequelas ainda", disse a mãe da menina.

A linha chilena tem um poder de corte quatro vezes superior ao cerol, o que a torna ainda mais perigosa. A linha é produzida com óxido de alumínio e quartzo moído e sua venda no Brasil é proibida, sendo considerada crime ambiental.

A pena prevista para quem for flagrado comercializando o produto, muito utilizado em pipas, pode chegar a cinco anos de reclusão em regime fechado.

A população pode denunciar locais de venda através do programa Linha Verde, do Disque Denúncia, que recebe informações sobre práticas irregulares contra o meio ambiente. O número é 0300 253 1177 e tem custo de uma ligação local. Assim como no Disque Denúncia, o anonimato é garantido.

Mais Cotidiano