Topo

Aeronave com cinco pessoas a bordo faz pouso forçado em Campinas

Aeronave fez pouso forçado em uma área descampada em Campinas - Luciano Claudino/Código 19/Estadão Conteúdo
Aeronave fez pouso forçado em uma área descampada em Campinas Imagem: Luciano Claudino/Código 19/Estadão Conteúdo

Nathan Lopes*

Do UOL, em São Paulo

02/04/2019 11h19Atualizada em 02/04/2019 15h07

Uma aeronave de pequeno porte fez um pouso forçado no final da noite de ontem em Campinas, em uma área próxima ao aeroporto de Viracopos. Cinco pessoas estavam a bordo. Ninguém morreu.

O avião, um turboélice com dois motores modelo Embraer 121A1, decolou do aeroporto de Sorocaba, a cerca de 90 quilômetros de Campinas. O destino era Palmas, capital do Tocantins.

O piloto e o copiloto, com ferimentos leves, foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros. Os passageiros teriam saído do avião. Dois deles foram encontrados posteriormente pela PM (Polícia Militar) e levados para o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). O outro passageiro tem o paradeiro desconhecido, segundo o Corpo de Bombeiros.

Os feridos têm idades entre 26 e 43 anos. Não se sabe a identidade da quinta pessoa que estava a bordo da aeronave.

De acordo com a PM, a aeronave pousou em uma área descampada após apresentar falha mecânica.

O UOL apurou que a aeronave chegou a fazer contato com a torre de Viracopos, mas o teor da comunicação é desconhecido.

A Aeronáutica informa diz que o Seripa 4 (Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), ligado ao Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos), comanda a investigação sobre a ocorrência.

De acordo com a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), a aeronave, de 1982, estava apta a voar, com certificado e inspeção em dia.

Procurada, a empresa VMF Turbinas, proprietária da aeronave, ainda não se manifestou. A reportagem não obteve retorno da empresa Solution Air, que opera o bimotor.

*Colaborou Guilherme Mazieiro, do UOL, em Brasília

Mais Cotidiano