Topo

Homem invade delegacia da mulher, agride ex e é preso em cidade de SP

Simone Machado

Colaboração para o UOL, em São José do Rio Preto (SP)

2019-05-16T13:53:38

16/05/2019 13h53

Um jovem de 21 anos foi preso em flagrante depois de invadir a Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) e agredir a ex-mulher. O caso ocorreu em Andradina (interior de São Paulo), na tarde da última terça-feira, e foi registrado pelas câmeras de segurança da delegacia.

De acordo com a delegada Michelly Miliorini, a vítima, que não teve a identidade revelada, foi até a delegacia denunciar o ex-companheiro João Paulo Rodrigues de Lima, pois estava sendo ameaçada de morte constantemente. Ela queria obter uma medida protetiva e evitar que o ex se aproximasse dela.

"Ele encontrou a mulher em uma farmácia da cidade e passou a xingá-la e ameaçá-la de morte. Temendo pelo que poderia acontecer ela veio a pé até a delegacia, seguida por ele que estava de bicicleta. Quando ela entrou na delegacia, ele entrou atrás", conta a delegada.

Enquanto a mulher aguardava na recepção para registrar boletim de ocorrência, Lima sentou-se na cadeira ao lado dela e continuou as agressões verbais contra a vítima. Segundo informações da delegada, a mulher foi questionada pelo ex se realmente registraria a ocorrência e, ao confirmar, passou a ser agredida, tendo o cabelo puxado. O rapaz ainda agarrou no pescoço da vítima e tentou enforcá-la.

Ao ouvir os gritos de socorro, uma investigadora foi até a recepção da delegacia socorrer a vítima. Com a chegada da policial, Lima tentou fugir, mas foi contido.

"Isso só mostra a audácia desses agressores. Eles acreditam que nada vai acontecer, que podem fazer o que quiser com as mulheres e sairão impunes. Até que chegamos a esse ponto, de uma agressão acontecer dentro da delegacia que existe justamente para defender as mulheres", explica Michelly.

Segundo a delegada, o casal morou junto por três meses e, após romper a relação, a mulher passou a ser agredida e perseguida pelo ex-companheiro. Uma medida protetiva de urgência foi expedida impedindo que o acusado volte a se aproximar da vítima.

Lima foi preso em flagrante e vai responder pelos crimes de ameaça, lesão corporal, injúria e difamação. Ele foi encaminhado para o CDP (Centro de Detenção Provisória), de Nova Itapirema. De acordo com a polícia, ele não tem defesa constituída.

Mais Cotidiano