Topo

Quedas de barreiras interditam rodovia dos Tamoios, Anchieta e Rio-Santos

Divulgação/Concessionária Tamoios
Rodovia dos Tamaios está interditado desde a tarde de ontem no trecho de serra, quando o acúmulo de chuva nas últimas 72 horas ultrapassou os 100 mm Imagem: Divulgação/Concessionária Tamoios

Do UOL, em São Paulo

2019-05-17T12:29:23

2019-05-17T16:18:39

17/05/2019 12h29Atualizada em 17/05/2019 16h18

A chuva que atinge o litoral paulista desde a tarde de ontem provocou transtornos nas rodovias Tamoios, Anchieta e Rio-Santos, que registraram queda de barreiras.

Na Tamoios, o trecho de serra está interditado desde a tarde de ontem, quando o acúmulo de chuva nas últimas 72 horas ultrapassou os 100 mm.

Durante a madrugada, houve queda de barreiras nos kms 73 e 78 -- na manhã de hoje, um dos pluviômetros registrava acúmulo de 210 mm de chuva.

Os bloqueios acontecem na altura do km 58, no sentido litoral, e do km 81, no sentido São José dos Campos.

Nesta manhã, equipes da concessionária responsável pela rodovia monitoravam o trecho e os índices pluviométricos na região.

Enquanto o trecho estiver interditado, as alternativas para os motoristas são as rodovias SP-098 - Paulo Rolim Loureiro (Mogi/Bertioga), SP-125 - Oswaldo Cruz (Taubaté/Ubatuba) e SP 088 (com acesso no km 55 da Tamoios - de Salesópolis a Mogi das Cruzes, com acesso à Mogi/Bertioga).

Anchieta

Na Anchieta, a queda de barreira ocorreu na altura do km 45, o que causou bloqueio na pista sul da via no trecho de serra. No início da tarde, ocorreu a liberação de uma faixa. Os trabalhos de estabilização da encosta e de limpeza da pista seguem acontecendo.

Segundo a Ecovias, concessionária que administra a rodovia, o retorno do tráfego na pista sul ocorre para que a pista norte seja bloqueada por causa do tombamento de duas carretas.

Quando os veículos forem retirados, o bloqueio total da pista sul deverá acontecer novamente para a finalização dos trabalhos na região da queda de barreira.

Rio-Santos

Já a Rio-Santos registrou deslizamento de terra e vegetação em diferentes pontos. Por volta das 11h50, o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), responsável pelo trecho, alertou para as seguintes situações:

  • No km 115,3 operação em sistema "Pare e Siga" (sentido Ubatuba) até que a equipe de conserva conclua os trabalhos de limpeza da pista.
  • No km 119,6 operação em sistema "Pare e Siga" no sentido de Ubatuba.
  • No km 142,1 operação em sistema "Pare e Siga" após o solapamento do asfalto. As equipes de conserva estão a caminho, segundo o DER.

Mais Cotidiano