Topo

SP: Filha diz ter esfaqueado mãe para ficar com aposentadoria, diz polícia

Wagner Carvalho

Colaboração para o UOL, em Bauru

14/09/2019 13h38

A população da pequena Oriente, a 462 km de São Paulo, ficou assustada com a notícia de que uma idosa de 71 anos havia sido golpeada com faca por 38 vezes. O caso foi denunciado pela própria filha da idosa, que é viúva e mora sozinha. Socorrida, a mulher segue internada em estado grave.

Segundo investigação da Polícia Civil, a filha da idosa confessou ser a autora da tentativa de homicídio contra a própria mãe. O motivo, de acordo com o relatado à polícia, seria o pagamento da aposentadoria da idosa. A filha, de posse do cartão do benefício, teria sacado o dinheiro, e a vítima deu falta da quantia na conta.

Ainda de acordo com a polícia, a mulher entrou em contradição quando os policiais civis encontraram na cozinha da casa dela uma faca com vestígios de sangue. A mulher de 45 anos se complicou e disse que teve um surto psicótico quando a mãe a questionou sobre o desaparecimento do dinheiro do benefício da conta.

A filha da idosa, que não teve o nome divulgado, teve a prisão preventiva decretada e foi conduzida para a cadeia feminina de Pirajuí (SP). A idosa segue internada em estado grave no Hospital das Clínicas de Marília.

Mais Cotidiano