Topo

Menina de 8 anos morre baleada após operação policial no Complexo do Alemão

Agatha Felix morreu após ser atingida por tiro em operação policial no Complexo do Alemão - Reprodução
Agatha Felix morreu após ser atingida por tiro em operação policial no Complexo do Alemão Imagem: Reprodução

Do UOL

Em São Paulo

21/09/2019 09h57

Uma operação policial no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro, terminou com a morte de uma criança de 8 anos, baleada na noite desta sexta-feira e causou protestos contra o governador Wilson Witzel.

De acordo com relato de moradores, Ághata Vitória Sales Félix estava dentro de uma Kombi junto ao avô quando foi atingida por um tiro de fuzil. Ela chegou a ser levada para o Hospital Getúlio Vargas, na Penha, mas teve a morte confirmada no local.

Testemunhas apontam que os policiais perseguiam uma moto quando houve o disparo que atingiu a criança.

Em nota, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar, informou que as equipes da UPP Fazendinha foram atacadas de forma simultânea dentro da comunidade e revidaram. O comunicado informa ainda que será aberto um procedimento pela Coordenadoria de Polícia Pacificadora para apurar o caso.

Nas redes sociais, diversos protestos foram direcionados ao governador Wilson Witzel, com a hashtag #ACulpaÉdoWitzel em primeiro lugar nos trending topics.

A deputada federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) publicou uma foto com a parte interna do veículo suja com o sangue da vítima.

"O governo Witzel tem sangue nas mãos. Não tem outro nome: é necropolítica. Mais uma criança baleada. Mais uma família cheia de dor. Chega desse governo genocida!", escreveu a deputada.

Moradores do Complexo do Alemão convocaram um ato de protesto contra a violência policial na comunidade:

Cartaz convoca moradores para ato contra a violência no Complexo do Alemão - Reprodução
Cartaz convoca moradores para ato contra a violência no Complexo do Alemão
Imagem: Reprodução

Veja abaixo a nota oficial da Polícia Militar:

A Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informa que, por volta das 22h desta sexta-feira, 20/09, equipes policiais da UPP Fazendinha, que estavam baseadas na esquina da Rua Antônio Austragésilo com a Rua Nossa Senhora, foram atacadas de várias localidades da comunidade de forma simultânea. Os policiais revidaram à agressão.

Após o confronto, não foi encontrado feridos na varredura do local. Na sequência, os policias foram informados por populares que um morador teria sido ferido na localidade conhecida como "Estofador".

Uma equipe da UPP se deslocou até o Hospital Getúlio Vargas e confirmou a entrada de uma criança de 8 anos ferida por disparo de arma de fogo.

A Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) irá abrir um procedimento apuratório para verificar todas as circunstâncias da ação.

Mais Cotidiano