Topo

664 pessoas estão desabrigadas no ES após fortes chuvas; duas morreram

Do UOL, em São Paulo

16/11/2019 10h47

Em novo balanço divulgado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil na manhã de hoje, o número de pessoas afetadas pelas fortes chuvas que atingem o Espírito Santo chega a 664 em dez cidades: 354 estão desalojadas e 310 estão desabrigadas. No total, 12 pessoas ficaram feridas e duas morreram em consequência de desabamentos e alagamentos causados pelos temporais.

O município de Viana, na Grande Vitória, é o mais afetado, com 81 pessoas desalojadas e 153 desabrigadas. Foi decretada Situação de Emergência em Viana, assim como em Cariacica, também na região metropolitana, e em Alegre, no sul do estado.

Enquanto isso, Guaçuí, também no sul capixaba, é o município que teve o maior registro de chuva, com 62,45 milímetros nas últimas 24 horas. Ocorrências não foram registradas na região apesar dos números.

Municípios afetados pela chuva

  • Alegre - 24 desalojados
  • Vitória - 25 desalojados
  • Vila Velha - 33 desalojados
  • Cariacica - 36 desalojados, 50 desabrigados, 6 feridos e 1 óbito
  • Santa Leopoldina - 90 desalojados, 105 desabrigados, 6 feridos e 1 óbito
  • Piúma - 8 desalojados
  • Viana - 81 desalojados e 153 desabrigados
  • Domingos Martins - 40 desalojados e 2 desabrigados
  • Marechal Floriano - 15 desalojados
  • Bom Jesus do Norte - 2 desalojados

As chuvas fortes no Espírito Santo começaram no fim da tarde de segunda-feira (11). Nas últimas 24 horas, segundo a Defesa Civil, foram registrados mais de 20 milímetros de chuva em 22 dos 78 municípios capixabas.

Segundo as previsões, o tempo deve começar a melhorar amanhã, mas pode haver chuva fraca em alguns momentos do dia na região norte. Em Vitória, a previsão é de que pare de chover totalmente apenas na próxima sexta-feira, dia 22.

Cotidiano