PUBLICIDADE
Topo

RJ: usuários reclamam de filas e trens lotados no 1º dia de acesso restrito

Do UOL, em São Paulo

23/03/2020 11h25

No primeiro dia de restrições do funcionamento do transporte intermunicipal no Grande Rio, passageiros enfrentaram muitas filas em estações de trem e metrô. A decisão de suspender linhas de ônibus intermunicipais que ligam municípios do Grande Rio à capital entrou em vigor no último sábado (21) e foi assinada pelo governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC-RJ).

A medida fechou dez estações de trem na Baixada e liberou o acesso aos transportes ferroviários e aquaviários intermunicipais somente para profissionais que comprovem o trabalho em serviços essenciais, como hospitais e indústrias de alimentos, farmacêutica, higiene e limpeza.

O resultado da medida são filas quilométricas para acessar o transporte público na região. Todas as pessoas interessadas em utilizar o transporte tinham que comprovar trabalho em serviços essenciais. Os usuários do transporte compartilharam a situação e sua indignação nas redes sociais.

Mesmo aqueles que conseguem acessar o transporte público relatam que os veículos ficam lotados de passageiros. Aglomerações estão entre as medidas indicadas à população para impedir a disseminação da covid-19.

Coronavírus