PUBLICIDADE
Topo

Rio tem sábado de praias vazias e abordagens da PM a quem fura bloqueio

Policiais militares abordam mulher que desrespeitou bloqueio em praia na zona sul do Rio - ERBS JR./FRAMEPHOTO/ ESTADÃO CONTEÚDO
Policiais militares abordam mulher que desrespeitou bloqueio em praia na zona sul do Rio Imagem: ERBS JR./FRAMEPHOTO/ ESTADÃO CONTEÚDO

Igor Mello

Do UOL, no Rio

28/03/2020 14h12

Mesmo com calor e dia ensolarado, o Rio de Janeiro teve praias vazias na manhã deste sábado (28) por conta do bloqueio determinado pelo governador Wilson Witzel (PSC) como forma de prevenção à Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. Policiais militares abordaram as poucas pessoas que se arriscaram a ir à orla.

Segundo a PM, agentes da corporação estão abordando as poucas pessoas que furam o bloqueio e chegam à faixa de areia.

Decretos do governador Wilson Witzel proibiram aglomerações em praias e outras áreas públicas. Segundo a norma, os policiais podem inclusive fotografar as pessoas que desrespeitam as determinações sanitárias de bloqueio desses locais.

Em Niterói, cidade vizinha à capital, na Região Metropolitana do Rio, as praias também ficaram desertas. O prefeito da cidade, Rodrigo Neves (PDT), postou nas redes sociais imagens das praias de Itacoatiara, Piratininga, Itaipu —as mais movimentadas da cidade— e das Flexas. Normalmente a orla da cidade fica completamente lotada durante os fins de semana.

Cotidiano