PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês
SP: operação contra o tráfico prende vereador e cumpre mais 47 mandados

Operação Código de Ética foi deflagrada após investigação da MP-SP  - Reprodução
Operação Código de Ética foi deflagrada após investigação da MP-SP Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo*

11/08/2020 10h03Atualizada em 11/08/2020 12h07

Uma operação contra o tráfico de drogas cumpre hoje 48 mandados de prisão e 64 de busca e apreensão em cidades do litoral e do interior de São Paulo. Entre os presos está o vereador de Caraguatatuba Flavio Nishiyama (PTB), que é suspeito de participação na organização criminosa.

Segundo o Ministério Público de São Paulo (MP-SP), a ação teve origem após investigação que analisou as prisões relacionadas ao tráfico no litoral. Ela foi batizada de Código de Ética por ter diversos advogados entre os denunciados.

A força-tarefa, composta por 250 agentes, contou também com participação das Polícias Federal, Civil e Militar. Os mandados estão sendo cumpridos em Caraguatatuba, São Sebastião, Ubatuba, Taubaté e Campinas.

Fontes ligadas à investigação apontam que foi identificada a atuação de uma organização criminosa voltada para a prática do crime de tráfico de drogas em todo o litoral norte paulista, contando com "vapores" (pessoas que vendem a droga), "mulas" (pessoas que são encarregadas pelo transporte das drogas), "gerente" das lojas (pessoa responsável pelos pontos de venda e drogas) e, ainda advogados.

O jornal O Estado de S. Paulo apurou que a denúncia apresentada contra os alvos da ofensiva deflagrada pela manhã conta com uma delação que detalhou a atuação do grupo criminoso e confirmou as suspeitas dos investigadores.

O colaborador teria ainda reconhecido Flávio Nishiama como advogado membro da organização criminosa, responsável pela defesa dos traficantes presos, que também atuava como "garoto de recado" do grupo.

A reportagem tentou contato com representantes de Flávio e do PTB e está aberta a manifestações.

*Com informações do Estadão Conteúdo.

Cotidiano