PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
3 meses

Bebê de 1 ano morre afogado após cair em balde em Formosa (GO)

Samu foi acionado, mas criança morreu antes do socorro - Diego Padgurschi/Folha Imagem
Samu foi acionado, mas criança morreu antes do socorro Imagem: Diego Padgurschi/Folha Imagem

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, no Recife

04/09/2020 20h31

Um bebê de um ano de idade morreu afogado ao cair em um balde com água no município de Formosa (GO), localizado no entorno do Distrito Federal. A mãe do menino estava fazendo faxina na casa, e o balde estava sendo usado na limpeza do imóvel. O menino foi levado para o posto de saúde da cidade, mas morreu antes do socorro médico. O caso ocorreu na manhã de ontem.

Segundo a polícia, a mãe do bebê, que não teve o nome informado, relatou que estava limpando a casa, e o filho estava junto. Em poucos minutos de distração nos cuidados com o bebê, ele acabou caindo de cabeça dentro do balde e se afogou, de acordo com o relato.

A mulher disse à polícia que ficou desesperada ao ver o filho se afogando, retirou o menino do balde e saiu para a rua para pedir ajuda aos vizinhos. Uma pessoa que passava de carro na hora levou o bebê e a mãe para o posto de saúde de Formosa, que era o local mais próximo, para ele receber socorro médico.

Segundo a polícia, uma enfermeira do posto de saúde realizou procedimentos de reanimação no bebê, mas, apesar dos esforços, não houve êxito. Mesmo assim, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado pelo posto de saúde para que o bebê fosse levado a um hospital. Quando a equipe chegou, constatou que a vítima não tinha mais sinais vitais.

Após a constatação da morte do menino, a Polícia Militar e peritos do 3º Núcleo Regional de Polícia Técnico-Científica de Formosa foram acionados.

O corpo do bebê foi levado para o 3º Núcleo Regional de Polícia Técnico-Científica de Formosa, onde foi submetido a necropsia. Não há informações sobre o local onde o corpo do menino foi enterrado.

O caso está sendo investigado pela 1ª Delegacia Distrital de Formosa, onde a morte do bebê foi registrada pela Polícia Militar. A Polícia Civil informou que a mãe do bebê foi ouvida e outras testemunhas serão intimadas a prestar depoimento para esclarecer o ocorrido.

Segundo a polícia, a mãe do bebê poderá ser indiciada por homicídio culposo (quando não há intenção de matar). A pena para o crime, em caso de condenação, é de um a três anos de prisão.

O UOL tentou localizar a mãe e família do bebê, na noite de hoje, mas não havia conseguido contato até a publicação deste texto.

Cotidiano