PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

BA: Mulher desaparece, e corpo é encontrado dentro de mala enterrada

Delegacia de Ilhéus (BA) - Divulgação/Sindicato dos Policiais Civis da Bahia
Delegacia de Ilhéus (BA) Imagem: Divulgação/Sindicato dos Policiais Civis da Bahia

Aliny Gama

Colaboração para o UOL, no Recife

03/09/2020 18h02

O corpo de uma mulher foi encontrado hoje esquartejado, escondido em uma mala enterrada em cova rasa, no município de Ilhéus (BA), na região sul do estado. Segundo a Polícia Civil, a vítima foi identificada pelo nome de Thaianne Nascimento Oliveira, 23.

Até agora, nenhum suspeito de cometer o crime foi preso. O corpo dentro da mala estava em um matagal na praia do Marciano, no bairro de Malhado. Não se sabe onde a vítima foi assassinada.

A jovem estava desaparecida desde o dia 7 de agosto, quando saiu para ir à casa de uma amiga e não chegou ao local. Thaianne morava sozinha em uma casa no bairro de Malhado.

Familiares e amigos tentaram contato por telefone com a vítima, mas não conseguiram e começaram uma campanha para localização dela.

Segundo a polícia, o desaparecimento de Thaianne foi comunicado à Delegacia Territorial de Ilhéus somente no dia 19 de agosto.

A Polícia Civil informou que a investigação sobre o assassinato de Thaianne ficará a cargo da Delegacia Territorial de Ilhéus. A polícia não informou as possíveis linhas de investigações sobre o desaparecimento e morte da jovem.

Ontem, moradores da região passavam pelo local e desconfiaram do mau cheiro vindo da mala, que estava parcialmente coberta com terra, e acionaram a polícia.

O corpo estava em estado avançado de decomposição, mas familiares conseguiram reconhecer que se tratava da jovem devido a marcas no corpo que ela tinha. O UOL tentou contato com familiares de Thaianne na tarde de hoje, mas até a publicação deste texto ninguém retornou às mensagens.

O corpo da jovem foi encaminhado ao Departamento de Polícia Técnica para ser submetido à necropsia e assim determinar a causa da morte. Ainda não há informação sobre a liberação do corpo para enterro.

Cotidiano