PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Morre Eusébio Scheid, arcebispo emérito do Rio de Janeiro, aos 88 anos

Segundo a Diocese de São José dos Campos, Scheid enfrentava uma "forte pneumonia", além de ter contraído a covid-19 - Reprodução
Segundo a Diocese de São José dos Campos, Scheid enfrentava uma "forte pneumonia", além de ter contraído a covid-19 Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

13/01/2021 16h14

Dom Eusébio Oscar Scheid, arcebispo emérito do Rio de Janeiro, morreu hoje, aos 88 anos, em São José dos Campos (SP), onde morava, depois de contrair o novo coronavírus.

Segundo a Diocese de São José dos Campos, na qual Scheid foi o primeiro bispo, o arcebispo emérito do Rio ainda enfrentava uma "forte pneumonia". "Chega ao fim a missão de Dom Eusébio", disse a divisão da Igreja Católica.

Nascido em Luzerna, no interior de Santa Catarina, em dezembro de 1932, Dom Eusébio Oscar Scheid foi ordenado bispo de São José dos Campos em 1981. Em 1993, ele passou a ser cardeal após conselho presidido pelo papa João Paulo 2º.

O cardeal ainda passou pela Arquidiocese de Florianópolis, na qual foi arcebispo (1991-2001), antes de ser transferido para exercer o mesmo posto na Arquidiocese do Rio de Janeiro, ficando por lá até 2009, quando foi sucedido pelo cardeal Orani João Tempesta.

Em 2005, como arcebispo do Rio, Scheid também participou do conclave que elegeu como papa o alemão Joseph Alois Ratzinger, nomeado Bento 16.

Em nota, a Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro disse que o cardeal "entregou serenamente sua alma a Deus". Já a Arquidiocese de Florianópolis agradeceu "a Deus pela vida de Dom Eusébio e pelos seus 60 anos de ministério presbiteral".

Segundo a Diocese de São José dos Campos, por conta da pandemia de covid-19, não haverá público no velório de Dom Eusébio, assim como também não haverá missa aberta.

Cotidiano