PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Homem é preso suspeito de exibir partes íntimas de filha de 6 anos em live

Caso aconteceu em 3 de janeiro na cidade de Pará de Minas (MG) - Gerd Altmann por Pixabay
Caso aconteceu em 3 de janeiro na cidade de Pará de Minas (MG) Imagem: Gerd Altmann por Pixabay

Elisângela Baptista

Colaboração para o UOL, em Juiz de Fora (MG)

26/01/2021 19h51

Um homem de 39 anos foi preso preventivamente hoje em Pará de Minas (MG), a cerca de 80 km de Belo Horizonte, por divulgar na internet imagens cometendo atos libidinosos com a filha de seis anos. A prisão foi possível a partir de uma parceria entre policiais civis de Minas Gerais e de Goiás.

A denúncia foi feita por uma moradora de Goiânia que viu o crime acontecer no dia 3 de janeiro. A denunciante disse aos policiais que se tratava de uma live, com milhares de participantes, onde o homem expunha as partes íntimas da criança e estimulava os internautas a pagar para ver mais.

De acordo com a delegada Sabrina Leles de Lima da Polícia Civil de Goiás, a mulher, ao ver as cenas sendo transmitidas ao vivo, filmou da própria tela do celular e encaminhou o material à Polícia Civil. Essa ação possibilitou chegar ao suspeito.

"É um crime preocupante e algo muito grave", desabafou a autoridade policial. "Um dos grandes problemas é que as empresas de aplicativos não se importam com esse tipo de crime", acrescentou.

A Polícia Civil de Pará de Minas foi acionada, e foi cumprido um mandado de prisão preventiva contra o suspeito. Ele confessou o crime e poderá responder por estupro de vulnerável e outras práticas delituosas.

Cotidiano