Topo

Conteúdo publicado há
2 meses

Domingo de Carnaval no Rio: rua cheia, bar lotado e 4 eventos interrompidos

Rua Humberto de Campos, no Leblon, tomada de gente no domingo de Carnaval Imagem: Rodrigo Viga/Divulgação

Marcela Lemos

Colaboração para o UOL, no Rio de Janeiro

15/02/2021 10h53

Assim como na sexta-feira (12) e no sábado (13) de Carnaval, o domingo também foi marcado por aglomeração e desrespeito às normas sanitárias em vigor na cidade do Rio de Janeiro. Como se não existisse pandemia, centenas de pessoas foram flagradas sem máscaras e aglomeradas em diversos pontos da cidade durante todo final de semana.

Na noite de ontem, a rua Humberto de Campos, no Leblon (zona sul), foi flagrada tomada de gente. Quem quisesse cruzar a via de carro enfrentaria dificuldades devido a aglomeração.

Um bar, um supermercado e uma banca de jornal também foram interditados na região. Desde o início da pandemia, o Leblon é um dos bairros onde se observa frequente desrespeito às normas de segurança sanitária.

Ontem, segundo a Seop (Secretaria de Ordem Pública), equipes da prefeitura, com apoio da PM, impediram a realização de ao menos quatro eventos na zona oeste:

  • O "Bailão de 2", na escolinha do Vasco, na Estrada do Gabinal, no bairro da Freguesia, em Jacarepaguá
  • A festa "Tropa da Mega", na Estrada dos Bandeirantes, na Taquara
  • Uma rave em uma casa de eventos também na Estrada dos Bandeirantes
  • Uma festa na Mansão do Japonês, na Ilha da Gigoia, na Barra da Tijuca - a casa foi interditada por falta de alvará e licenciamento sanitário

Segundo a prefeitura, as equipes também atuaram neste domingo na orla e em outros locais com denúncias de eventos irregulares no Recreio dos Bandeirantes (zona oeste), Ipanema (zona sul) e Méier (zona norte).

Na Lapa, região central, estabelecimentos também foram alvo dos fiscais da prefeitura. Ao menos dois bares foram interditados por promover aglomeração e oferecer bebidas alcoólicas para clientes que estavam em pé: práticas proibidas pelo decreto municipal de combate ao novo coronavírus. A região também ficou lotada.

Na madrugada de hoje, um bloco improvisado com cerca de 200 pessoas foi dispersado na região e terminou com a apreensão de um pandeiro e um tan-tan.

Ainda na Lapa, um bar recebeu interdição cautelar até às 7h de hoje por promover aglomeração, foi multado e teve equipamento de som apreendido. Outro estabelecimento foi multado por descumprir as medidas de proteção à vida e combate à pandemia, e um terceiro bar foi interditado totalmente por falta de licença.

Somente nesta madrugada, agentes da prefeitura aplicaram 13 multas e interditaram outros cinco locais: três no Leblon e dois no Centro por irregularidades como aglomeração, excesso de mesas e cadeiras e falta de licenciamento.

Ao longo do dia, as praias da zona sul ficaram novamente cheias. Também houve realização de festas que se estenderam até a madrugada de hoje em várias comunidades do Rio.

De acordo com balanço da Seop, "desde sexta-feira (12), início das ações para combater aglomerações no período que seria do carnaval, já foram feitas 55 inspeções sanitárias, com 40 autos de infração e 22 interdições, além de nove apreensões (oito de equipamentos de som e uma carga de bebidas)".

Fiscalização Costeira

A Guarda Marítima Municipal também impediu a realização de eventos. De acordo com a Seop, 42 passeios com festas foram cancelados, incluindo uma comemoração de 15 anos. As fiscalizações ocorreram em embarcações de médio e grande porte na Marina da Glória.

"Agentes do Subgrupamento de Operações Náuticas seguem atuando em ação conjunta com a Capitania dos Portos para fiscalizar embarcações", informou o órgão

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Domingo de Carnaval no Rio: rua cheia, bar lotado e 4 eventos interrompidos - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Coronavírus