PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
2 meses

Família reage e mata ladrões que invadiram casa em Campinas

Casa foi invadida por ladrões em Campinas - Felipe de Souza/UOL
Casa foi invadida por ladrões em Campinas Imagem: Felipe de Souza/UOL

Felipe de Souza

Colaboração para o UOL, em Campinas (SP)

21/02/2021 11h54Atualizada em 21/02/2021 21h11

Uma tentativa de assalto a uma residência terminou com dois mortos ontem à noite, em Campinas (SP). O caso aconteceu no bairro Parque Santa Bárbara, às margens da rodovia SP-101. Dois homens anunciaram o assalto, mas acabaram sendo dominados pelo proprietário da casa, que os esfaqueou. Os dois suspeitos morreram.

A ação aconteceu quando o genro do dono da casa estava chegando, por volta de 21h30. Ele estava de carro e abriu o portão eletrônico. Os ladrões aproveitaram e entraram junto, em uma moto, anunciando o assalto. Segundo o genro, eles estavam armados com um revólver calibre 32 e uma faca.

Dentro da casa estavam mais quatro pessoas da família. Todos partiram para cima dos suspeitos e houve luta corporal. Até que o proprietário da casa conseguiu tirar a faca de um dos ladrões e o acertou no peito. Na confusão, o outro criminoso também foi golpeado na região do tórax. Ele ainda tentou fugir, mas caiu em frente a uma igreja, a cerca de 200 metros de distância da residência.

A família foi encaminhada ao Hospital Beneficência Portuguesa com vários hematomas causados pela briga, porém sem ferimentos graves.

A faca e a arma foram recolhidas pela perícia, assim como a moto utilizada pela dupla —que tinha placa de Santa Bárbara d'Oeste (SP). Em consulta ao Sinesp (Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, o veículo não tem registro de queixa de roubo ou furto.

O caso foi apresentado na 2ª Delegacia Seccional de Campinas. O delegado de plantão, Ivan Luís Constâncio, considerou que a ação do proprietário foi em legítima defesa. Por isso, ele não foi preso.

O UOL não conseguiu contato com as vítimas da tentativa de assalto. A identidade dos ladrões ainda não foi confirmada.

Cotidiano