PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Homem 'protesta' após ser expulso de rodízio por comer demais

João Carlos postou nas redes sociais foto com sua "coleção" de pratos vazios  - Reprodução/Instagram
João Carlos postou nas redes sociais foto com sua "coleção" de pratos vazios Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

15/07/2021 20h40Atualizada em 16/07/2021 12h19

Um pintor de São Paulo decidiu levar a sério a proposta de comida à vontade em um restaurante de comida italiana em São Paulo.

Pagando R$ 19,90 pelo rodízio, o "barato saiu caro" para o estabelecimento depois que João Carlos comeu 15 pratos de massa. Já na reta final de sua refeição nada modesta, ele fez um registro contando que funcionários haviam pedido para que ele fosse embora, com a oferta de que a comida consumida ficaria por conta da casa.

João Carlos postou os vídeos da situação nesta quinta-feira (15), destacando os pratos vazios empilhados sobre a mesa do restaurante, "protestando" por seus direitos como consumidor. "Isso não se faz, só porque eu comi 14 pratos, com esse 15?", questionou, bem-humorado.

Ele contou ao UOL que estava almoçando e quando foi abordado pelo gerente que, em tom de brincadeira, disse que os clientes estavam indo embora por que ele estava comendo demais e propôs que ele voltasse depois.

E a reclamação do pintor parece ter surtido efeito, já que no início da tarde de desta quinta-feira (15), poucas horas depois do primeiro registro, ele voltou às redes para compartilhar seu "final feliz" (veja abaixo).

Dessa vez com passe livre do restaurante, ele disse ter consumido 35 porções de massa, exibindo os pratos, que antes cabiam lado a lado na mesa, empilhados em fileiras.

Em resposta ao UOL, a assessoria da Ragazzo informou que "o caso não passou de uma produção de conteúdo para as redes sociais particulares do cliente, que em momento algum foi destratado ou incentivado a deixar o restaurante pela equipe de operações da rede" e que João é cliente assíduo do local.

A rede reforçou também que os clientes podem consumir os pratos selecionados do programa sem limitação de quantidade, conforme estabelece o regulamento oficial disponível no site, redes sociais e lojas físicas da marca.

Cotidiano