PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Mulher dá à luz em elevador de prédio, na Grande Natal

Casal esperava a primeira filha, Clara Manoela, que resolveu vir ao mundo em um elevador antes de chegar ao hospital - Reprodução/ Arquivo pessoal
Casal esperava a primeira filha, Clara Manoela, que resolveu vir ao mundo em um elevador antes de chegar ao hospital Imagem: Reprodução/ Arquivo pessoal

Caio Santana

Do UOL, em São Paulo

25/10/2021 21h33Atualizada em 25/10/2021 21h33

O casal Emanoel Chaves Júnior e Mariela Costa, de 32 e 34 anos, tiveram uma grande surpresa na noite de ontem: a filha deles, Clara Manoela Costa Chaves, nasceu dentro de um elevador, em um condomínio de Parnamirim (RN), na Grande Natal. O engenheiro eletricista, agora pai de primeira viagem, descreveu os detalhes dessa experiência ao UOL.

Mariela, médica, já se dirigia ao hospital após sentir uma série de contrações. "Apesar dela estar na época de nascer, nunca dava nenhuma pista. Até que começaram as contrações, que foram evoluindo e começaram as contrações doloridas", contou.

A mulher completaria 40 semanas de gravidez nesta semana. Durante todo o domingo, ela sentiu contrações, recebendo inclusive a visita de um obstetra amigo da família, que previu que o nascimento se daria durante a madrugada. Clara Manoela, no entanto, nasceu horas antes, às 20h47.

Quando as dores já estavam intensas, o casal recebeu a visita no apartamento da fisioterapeuta Aline Alves, que "exigiu" que o casal seguisse logo a um hospital: "Ela disse 'vamos para o hospital agora, porque essa menina vai nascer'. Minha esposa disse que iria, mas antes foi ao banheiro", conta Emanoel. Momentos depois, deixaram a residência e antes de o elevador chegar ao térreo, o parto ocorreu.

Quando chegou perto do térreo, minha esposa falou 'tá nascendo'. Eu fiquei totalmente em choque perguntando 'tá nascendo o quê?'. E ela 'nasceu'. Acho que eu só não desmaiei porque estava louco de vontade de ver a carinha dela.
Emanoel Charles Júnior

A criança nasceu com 3,180 kg e 49 cm. Tanto Mariela quanto Clara Manoela estão bem e seguem recebendo acompanhamento, com previsão de alta para esta terça-feira (25).

Cotidiano