Topo

Conteúdo publicado há
10 meses

Bebê é atropelada, fica sob carro e sobrevive sem ferimentos graves no DF

Do UOL, em São Paulo

30/05/2023 17h52

Uma menina de um ano e cinco meses sobreviveu após ser atropelada acidentalmente pelo próprio pai no Distrito Federal na tarde de ontem.

O que aconteceu?

O pai da menina Raabe tirava o carro de casa para levá-la a uma consulta quando, sem ver que ela estava na frente do veículo, passou com a roda por cima dela.

A mãe da criança, Laís Thayná Veras, percebeu o acidente ao ouvir a menina chorando quando ela ainda estava sob o carro.

Laís conseguiu tirar a menina e foi até o hospital com ela e com o pai de Raabe.

Os médicos constataram que a menina tinha queimaduras nas pernas e no rosto, sem qualquer fratura ou risco à vida.

Câmeras de segurança gravaram o momento do acidente. Nas imagens, é possível ver o momento em que o carro fica em cima da menina.

A menina não precisou ser internada e foi liberada para casa com curativos. Ela precisará retornar ao hospital para fazer acompanhamento das lesões sofridas.

Quando a gente tirou ela de baixo do carro ela já estava com o rosto, a perna, o braço sangrando. A gente achou que era algo muito grave e correu para o hospital, só que graças a Deus, com tomografia, raio-x, exames, vimos que ela não teve nada quebrado, que não teve nenhuma fratura exposta. [...] Ela é uma criança curiosa, gosta de subir nos lugares, de mexer. Então, o nosso cuidado com ela já é muito grande. Se o Roger [pai] não está com ela, eu estou com ela. Achei que ele estava com ela, ele achou que ela estava comigo e o Roger não percebeu que ela estava atrás dele".
Laís Thayná, mãe de Raabe, ao UOL