88 por 100 mil habitantes: qual cidade lidera taxa de homicídios do país?

A cidade de Jequié (BA) é considerada a mais violenta do Brasil, de acordo com o levantamento do 17º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

Por lá, são registrados 88,8 homicídios por 100 mil habitantes. A Bahia é também o estado mais violento, abrigando 11 dos 20 primeiros município da lista.

Mais sobre Jequié

Jequié está há 365 km a sudoeste de Salvador, que não entrou na lista. O município fica no limite entre a caatinga e a zona da mata.

88,8 homicídios a cada 100 mil habitantes são registrados no município, segundo o 17º Anuário Brasileiro de Segurança Pública.

A cidade tem 158,8 mil habitantes, de acordo com o Censo do IBGE divulgado mês passado, e quase 3 mil km² de área.

O município atualmente tem como prefeito Zenildo Brandão Santana, do PP. Antes dele, a gestão era d Sérgio da Gameleira, então no PSB.

Entenda os números

Este ano, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública listou no ranking apenas as cidades com mais de 100 mil habitantes.

Nos próximos anos, a lista voltará a ser geral porque a nova metodologia levará em conta a média dos três últimos anos, evitando assim que cidades muito pequenas apareçam no topo da lista por causa de casos isolados de violência.

Continua após a publicidade

A Bahia tem uma taxa muito acima da média nacional, e o nível de violência não está circunscrita na Região Metropolitana de Salvador, e sim no estado todo. É uma situação que chama a atenção
Samira Bueno, diretora-executiva do Fórum Brasileiro de Segurança Pública

O que mais tem incentivado o aumento da letalidade é a pulverização das organizações criminosas [pelas cidades de médio porte] na disputa por territórios. Além das organizações locais, temos uma presença cada vez maior das facções nacionais, que migraram para a Bahia.
Dudu Ribeiro, da Iniciativa Negra por um nova Política sobre Drogas

Confira a lista completa

  1. Jequié (BA) - 88,8 homicídios por 100 mil habitantes
  2. Santo Antônio de Jesus (BA) - 88,3 homicídios por 100 mil habitantes
  3. Simões Filho (BA) 87,4 homicídios por 100 mil habitantes
  4. Camaçari (BA) 82,1 homicídios por 100 mil habitantes
  5. Cabo de Santo Agostinho (PE) 81,2 homicídios por 100 mil habitantes
  6. Sorriso (MT) 70,5 homicídios por 100 mil habitantes
  7. Altamira (PA) 70,5 homicídios por 100 mil habitantes
  8. Macapá (AP) 70,0 homicídios por 100 mil habitantes
  9. Feira de Santana (BA) 68,5 homicídios por 100 mil habitantes
  10. Juazeiro (BA) 68,3 homicídios por 100 mil habitantes
  11. Teixeira de Freitas (BA) 66,8 homicídios por 100 mil habitantes
  12. Salvador (BA) 66,0 homicídios por 100 mil habitantes
  13. Mossoró (RN) 63,5 homicídios por 100 mil habitantes
  14. Ilhéus (BA) 62,1 homicídios por 100 mil habitantes
  15. Itaituba (PA) 61,6 homicídios por 100 mil habitantes
  16. Itaguaí (RJ) 61,6 homicídios por 100 mil habitantes
  17. Queimados (RJ) 61,2 homicídios por 100 mil habitantes
  18. Luís Eduardo Magalhães (BA) 56,5 homicídios por 100 mil habitantes
  19. Eunápolis (BA) 56,3 homicídios por 100 mil habitantes
  20. Santa Rita (PB) 56,0 homicídios por 100 mil habitantes

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • Sérgio da Gameleira era do PSB à época de sua gestão à frente da prefeitura, e não do PT. O conteúdo foi corrigido

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes