'Meu apê foi infestado por cogumelos, arrancava um, nasciam três'

Há dois anos, o jornalista e designer João Brizzi alugou um apartamento em um prédio no bairro do Catete, no Rio de Janeiro. No entanto, problemas com infiltrações que não foram resolvidos pelo proprietário ou pela imobiliária digital Quinto Andar, responsável por mediar a locação, fizeram com que dezenas de cogumelos surgissem nos cômodos do imóvel.

Ao UOL, João explicou que os cogumelos começaram a crescer de forma desenfreada. Nos primeiros dias, ele chegou a tentar retirá-los, mas eles voltaram a crescer ainda mais rápido. De acordo com ele, os fungos estão no apartamento há 40 dias.

Para cada um que eu arrancava, tinha mais três nascendo. Só afastei os móveis das paredes que estavam assim e comecei a procurar outro lugar. Mas os dias eram bem ruins, surreais. Não tenho um nojo específico dos cogumelos, mas a sensação de estar trabalhando, ficar duas horas de fone, levantar e ver que cresceram, era dureza.
João Brizzi

O que aconteceu:

O relato foi compartilhado por João na rede social X, antigo Twitter. A situação chegou a ser comparada com a dos fungos mortais da série "The Last of Us", da HBO Max. Na publicação, ele ainda contou que, depois que se mudou, o anúncio do apartamento retornou para a plataforma do Quinto Andar.

Fotos dos cômodos tiradas pelo jornalista mostram as paredes estufadas e completamente deterioradas devido aos problemas com infiltração no prédio. Em uma das imagens, João mostra um cogumelo que nasce atrás do espelho do banheiro. Ele contou que, apesar dos cogumelos morrerem em até 12 horas, eles cresciam até 15cm em um dia.

Desde que o primeiro apareceu, sozinho, foi aumentando exponencialmente até chegar a nascer uns 50, 60 ao mesmo tempo.

João explicou que a primeira infiltração apareceu em outubro do ano passado. Porém, o problema foi solucionado pelo proprietário do apartamento do andar de cima apenas em janeiro deste ano. "Estufou boa parte das madeiras do apartamento. O proprietário do meu também só trocou uma parte da madeira ruim em maio. Dois meses depois, em julho, apareceu de novo no banheiro", disse.

Continua após a publicidade
Cogumelos apareceram em apartamento no bairro Catete, no Rio de Janeiro, após problemas com infiltrações
Cogumelos apareceram em apartamento no bairro Catete, no Rio de Janeiro, após problemas com infiltrações Imagem: Arquivo pessoal

De acordo com o jornalista, o apartamento ao lado do que ele alugava também foi prejudicado pelas infiltrações do andar de cima. "O meu era o 701 e esse vazamento anterior atingiu também o 702. Ficou comprovado que a culpa era do 801. Na reunião de condomínio para falar do assunto, descobrimos que a dona do 702 estava processando. Na lógica do andar de cima, o culpado não faz nada", contou.

João explicou que o proprietário do apartamento 802 chegou a contratar técnicos e fazer uma vistoria para resolver o problema. Mas como não conseguiu, ele decidiu vender o imóvel.

"Virou uma novela"

Fotos tiradas pelo morador mostram cogumelos e paredes estufadas no apartamento
Fotos tiradas pelo morador mostram cogumelos e paredes estufadas no apartamento Imagem: Arquivo pessoal

Ainda segundo o jornalista, o Quinto Andar não deu assistência durante o processo, mas entrou em contato depois que a publicação relatando o caso viralizou e se tornou um dos assuntos mais comentados na rede social X. "Estão negociando uma forma de compensação", afirmou.

Continua após a publicidade

O QuintoAndar informou que o anúncio do imóvel foi desativado por não cumprir os requisitos de qualidade exigidos pela política da plataforma. "Estamos reforçando nosso controle de qualidade para evitar que casos como esse voltem a ocorrer, reforçando o compromisso em oferecer aos nossos clientes a melhor experiência possível na busca de sua nova casa".

No fim é isso, um problema que poderia ser resolvido em um dia virou uma novela.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes