Conteúdo publicado há 2 meses

Homem atingido por aparelho em academia dá primeiros passos em fisioterapia

O motorista de aplicativo Regilânio da Silva, 42, publicou um vídeo dando seus primeiros passos após sofrer um acidente em uma academia de Juazeiro do Norte (CE).

O que aconteceu

No vídeo publicado nas redes sociais, Regilânio aparece dando seus primeiros passos com o apoio de duas barras e a orientação de uma fisioterapeuta. Na semana passada, ele engatinhou pela primeira vez após o acidente.

Ele tem publicado a evolução de seu tratamento nas redes sociais para mais de 25 mil seguidores. O motorista foi atingido por um aparelho de academia de 150 kg em agosto deste ano enquanto se exercitava.

"Daqui algum tempo você já estará caminhando normalmente por aí. Não desista", escreveu um seguidor.

A lesão do motorista foi considerada gravíssima pelos profissionais que o atenderam após o acidente. "A chance é, estatisticamente, de menos de 1% do retorno de funções motores e sensitivas", disse o médico ao UOL na semana do acidente.

Relembre o caso

As imagens do acidente mostram o motorista aguardando para usar o equipamento. Ele senta na parte de baixo do aparelho quando a parte de cima despenca e cai, com peso das anilhas, sobre os seus ombros.

Regilânio perdeu os movimentos das pernas. Os ligamentos que fazem a comunicação com o cérebro foram afetados.

Continua após a publicidade

Na época, a academia 220 Fit afirmou que houve um acidente e que o aparelho se encontrava em "perfeito estado de funcionamento". A família recebeu ajuda em vaquinhas feitas pela internet.

Não posso desanimar, é difícil depender das pessoas, nunca imaginei passar por isso. Às vezes bate uma tristeza, mas logo vem a gratidão de estar vivo.
Regilânio da Silva Inácio em entrevista ao UOL um mês após o acidente

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora