Conteúdo publicado há 1 mês

Suspeito de matar mãe e avó espancadas é achado morto em fazenda no TO

Guilherme Roberto Otaviani Grasse, 29, suspeito de matar a mãe e a avó espancadas, foi achado morto, nesta quinta-feira (29), em uma fazenda na zona rural de Barrolândia (TO).

O que aconteceu

Corpo de Grasse foi encontrado com marcas de tiros e a suspeita é de que ele tenha sido assassinado. segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública) do Tocantins.

Uma amiga que estava com Guilherme no local relatou à Secretaria de Segurança Pública (SSP) que pessoas invadiram a fazenda. O corpo dele foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) e a morte vai ser investigada pela Polícia Civil do Tocantins.

Guilherme era o principal suspeito pela morte da própria mãe, a advogada Lourdes Otaviani, 71. A mulher foi hospitalizada em 12 de janeiro, vítima de um espancamento. Desde então, ela permaneceu internada, mas não resistiu e morreu no último sábado (24), no Hospital Geral de Palmas. No início de fevereiro, antes da morte da advogada, a Polícia Civil já havia indiciado o filho dela como autor do crime.

Além de ser suspeito de matar a mãe, Guilherme também é apontado pela polícia do Tocantins como responsável pela morte da avó, em 2021 — caso ainda em tramitação. Em ambas as ocasiões, as vítimas morreram após serem espancadas. Ele não chegou a ser julgado por nenhum dos casos.

A polícia e o Ministério Público do Tocantins chegaram a solicitar a prisão do suspeito, mas a vara criminal de Paraíso negou.

Deixe seu comentário

Só para assinantes