Conteúdo publicado há 29 dias

Ex-líder do tráfico em Belo Horizonte é morto uma semana após deixar prisão

Considerado um dos maiores traficantes de Belo Horizonte pela polícia, um homem foi morto uma semana após deixar a prisão em Patrocínio (MG).

O que aconteceu

Carlos Alexandre da Silva Juscelino, 42, foi baleado na noite da sexta-feira (19). O Samu foi acionado e constatou a morte dele no local, segundo a Polícia Civil.

Homem tinha deixado presídio para prisão domiciliar na sexta-feira anterior (12). Ele tinha penas que, somadas, o condenavam a mais de 70 anos de prisão.

Ante de ser preso em 2005, ele era considerado líder do tráfico em Belo Horizonte. Carlos comandava a área de Morro das Pedras e era membro do PCC, segundo as autoridades.

Circunstâncias, motivação e autoria do crime são apuradas, informou a Polícia Civil. Em nota enviada ao UOL, o órgão informou que diligências são feitas para subsidiar a investigação.

Deixe seu comentário

Só para assinantes