Conteúdo publicado há 25 dias

PM atira na perna de policial civil após confusão na zona leste de SP

Um policial militar atingiu um policial civil na perna com um disparo de arma de fogo na tarde de ontem (24) na zona leste de São Paulo.

O que aconteceu

Um policial militar de 31 anos atirou contra um policial civil após uma confusão em frente a um estabelecimento comercial. Três pessoas discutiam na rua Irmã Carolina, no Belenzinho, quando o PM interveio.

Nenhum dos agentes estava a serviço no momento da ocorrência.

O policial civil envolvido na confusão, de 37 anos, estava armado e com sinais de embriaguez. De acordo com boletim de ocorrência, após a discussão se intensificar, o agente da polícia civil "avançou" contra o PM, que atirou em sua perna.

Policial civil se feriu e foi encaminhado ao Hospital Santa Casa, não se sabe o estado de saúde do homem. Foi requisitado exame toxicológico e de embriaguez. O agente se encontrava afastado da polícia por questões médicas.

As armas dos dois policiais envolvidos foram recolhidas. O caso foi registrado no 30° DP, no Tatuapé (zona leste), como lesão corporal. A arma do policial civil era particular, segundo informou a SSP (Secretaria de Segurança Pública).

As corregedorias das polícias civil e militar foram acionadas. A investigação vai analisar o que motivou a discussão inicial, o ato do PM durante a confusão e a condição do policial civil durante a ocorrência.

Deixe seu comentário

Só para assinantes