PUBLICIDADE
Topo

Obama chama ataques em Paris de ultrajantes e oferece assistência à França

Do UOL, no Rio

13/11/2015 21h04

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, afirmou que os ataques ocorridos na noite desta sexta-feira (13) em Paris são "ultrajantes" e disse que o país está preparado para dar toda a assistência que a Franca precisar para responder aos atentados terroristas. As declarações foram feitas em pronunciamento na Casa Branca.

Ao menos três tiroteios aconteceram na capital francesa. De acordo com a polícia, há dezenas de mortos e feridos. A polícia relatou também ao menos duas explosões nas proximidades do estádio Stade de France, onde o presidente francês, François Hollande, acompanhava um amistoso da seleção francesa.

Obama também disse que as ações são "ataques a toda a humanidade" e lembrou os atentados de 11 de setembro de 2001 ao dizer que os americanos sabem como os franceses estão se sentindo. O presidente americano afirmou ainda que não ligou para o presidente francês após os ataques porque imagina que ele está muito ocupado no momento.

Como ainda havia uma situação em andamento durante o pronuciamento, ele disse que não iria "especular" quem é responsável por essas ações.

Internacional