PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Mulher acusada de matar filhos e marido sorri para câmeras e leva bronca de juiz

Isabel Martínez foi acusada de matar quatro filhos e seu marido nos EUA - John Bazemore/AP
Isabel Martínez foi acusada de matar quatro filhos e seu marido nos EUA Imagem: John Bazemore/AP

Colaboração para o UOL

07/07/2017 17h13

Uma mulher foi acusada de matar os quatro filhos e o marido na última quinta-feira (6) em Atlanta, no Estado da Geórgia. Durante audiência na justiça, Isabel Martinez sorriu para as câmeras em tom irônico e levou uma bronca do juiz designado para o caso que gerou repercussão nos Estados Unidos.

Na manhã desta sexta, a mulher de origem mexicana fez um sinal com o dedo polegar para cima e sorriu para as câmeras durante audiência na justiça. Segundo a agência de notícias AP, o juiz do condado de Gwinnett, Michael Thorpe, aconselhou-a a deixar de agir desta forma.

Durante o julgamento, ela disse ao juiz que não quer um advogado. Ela alegou que o seu advogado é "o povo e a sua fé".

No início de quinta-feira, a polícia local encontrou quatro crianças e o pai já mortos dentro de casa. Isabel foi presa preventivamente, por ter esfaqueado as cinco pessoas. Uma quinta criança sobreviveu aos ataques, mas está internada no hospital com lesões graves.

A polícia informou que Isabel enfrenta cinco acusações de assassinato, seis de agressão grave e uma de tentativa de homicídio de uma criança.

Nesta sexta, o porta-voz do setor de imigração dos Estados Unidos, Bryan Cox, informou que Maria Isabel Garduno-Martinez, identificada pelas autoridades como Isabel Martinez, é do México e entrou nos Estados Unidos de forma ilegal.

Internacional