Urso pardo ataca e mata funcionário de 19 anos em zoológico na Suécia

Colaboração para o UOL

  • Reprodução

    Funcionário de 19 anos do parque Orsa Rovdjurspark, na Suécia, foi atacado

    Funcionário de 19 anos do parque Orsa Rovdjurspark, na Suécia, foi atacado

Um funcionário de 19 anos do parque zoológico de natureza selvagem Orsa Rovdjurspark, na Suécia, morreu após ser atacado por um urso pardo de dois anos de idade, enquanto limpava sua cela. O animal foi morto a tiros no local nesta sexta-feira (4).

De acordo com a administração do parque, o funcionário, cuja identidade não foi revelada, estava sozinho na jaula do animal. Ele trabalhava na limpeza do urso para uma atividade especial, em que visitantes podem entrar no local, acompanhados de um guia.

O urso, que esperava em outro ambiente, teria então conseguido cavar um túnel de volta à jaula, encontrando-se com o jovem e atacando-o. Serviços de emergência foram chamados ao parque por volta das 10h30 (hora local), mas seus esforços não foram o suficiente para salvar o jovem de seus ferimentos.

Auto-intitulado "o maior parque de predadores" da Europa, o Orsa Rovdjurspark conta com uma grande variedade de leopardos e tigres e é famoso por oferecer "encontros próximos com animais poderosos".

Seu administrador, Sven Brunberg, afirmou que "começou como um dia normal, uma família tinha marcado uma atividade e os procedimentos corriqueiros foram seguidos. Eu deixarei para a polícia desvendar o que deu errado".

O parque informa que nenhum visitante se feriu.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos