"Tropecei nas pessoas caídas", diz brasileiro ferido no atentado em Barcelona

João Henrique Marques

Colaboração em Barcelona

"Tropecei nas pessoas caídas", disse o brasileiro Luiz Fernando Simões, 58, que se feriu durante o atentado de quinta-feira (17) em Barcelona. Morador de Piraju, no interior de São Paulo, Simões teve a perna direita enfaixada e passou a noite no hospital.

Ao UOL, o brasileiro contou que caminhava pelas Ramblas quando dezenas de pessoas começaram a correr. "Todo mundo estava correndo. Eu achei que fosse briga e só encostei na parede. Mas aí falaram atentado e eu corri", disse. Emocionado durante o ato em homenagem aos mortos nesta sexta (18), ele afirmou que tropeçou nas pessoas que "estavam caídas".

Simões não foi atingido diretamente pela van que deixou 13 mortos e mais de cem feridos nas Ramblas, um dos principais pontos turísticos da capital catalã. O brasileiro está na cidade a turismo e com passagem comprada de volta para 3 de setembro. 

Simões está hospedado em um hotel perto do local da tragédia. Com a voz embargada, ele lamentou o ataque. "Muita tristeza. Acho que o povo está muito desunido".

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos