Topo

Professor dispara arma durante aula e fere três alunos nos EUA

O professor Dennis Alexander leciona matemática e é também responsável por ministrar um curso sobre justiça - Seaside City Council/Divulgação
O professor Dennis Alexander leciona matemática e é também responsável por ministrar um curso sobre justiça Imagem: Seaside City Council/Divulgação

Do UOL, em São Paulo

15/03/2018 08h26

No mesmo dia em que milhares de estudantes deixaram suas salas de aula para protestar e pressionar o Congresso dos EUA a aprovar leis para o controle de armas no país, três estudantes se recuperavam dos ferimentos causados por uma arma disparada acidentalmente por um professor dentro de uma escola na Califórnia.

O acidente ocorreu na terça-feira (13). O professor Dennis Alexander, que também é policial da reserva, acidentalmente disparou um revólver durante uma aula sobre segurança pessoal em uma escola secundária, no condado de condado de Monterey, na Califórnia (EUA).

No momento do disparo, a arma estava apontada para o teto. Por causa do tiro, fragmentos acabaram caindo sobre os alunos. O pai de um dos estudantes feridos, Fermin Gonzales, afirmou ao canal de TV KSBW que a bala ricocheteou no teto e atingiu o jovem no pescoço. O professor teria, inclusive, avisados os alunos que apontaria a arma para o teto para assegurar que ela não estava carregada, ao que, na verdade, poderia ter sido verificado de maneira visual.

O adolescente foi levado a um hospital local e passa bem. Outros dois alunos foram feridos por partes do teto que caíram após o tiro. 

Gonzales só ficou sabendo do incidente quando seu filho, de 17 anos, chegou em casa com manchas de sangue na camiseta e uma ferida no pescoço. “Ele está abalado, mas vai ficar bem. Estou chateado que ninguém nos falou nada a respeito do que aconteceu e tivemos de ligar para a polícia para reportar o incidente”, afirmou o pai ao canal de TV.

Segundo o chefe da polícia de Seaside, Abdul Pridgen, este estudante ferido foi, na verdade, atingido por partes do teto. Ele assegurou que o aluno não foi baleado pelo professor.

O professor Dennis Alexander leciona matemática e é também responsável por ministrar um curso sobre justiça. Ele é policial da reserva e conselheiro municipal. Apesar de não ter dado entrevista sobre o assunto, o educador se desculpou pelo incidente.

Segundo a polícia, Alexander fez um treinamento sobre segurança ao manejar armas há menos de um ano. Mesmo assim, a polícia investiga o que motivou o professor a levar uma arma carregada para dentro de uma sala de aula.

Para a polícia, Alexander afirmou que estava “dando instruções relacionadas à segurança pessoal”.

Gonzales contou ao canal de TV KSBW que o professor iria usar a arma para ensinar os alunos como desarmar alguém.

O superintendente de ensino do distrito de Monterey, Daniel Diffenbaugh, afirmou que o professor não tinha autorização para portar uma arma dentro da escola e, por isso, teria infringido uma lei estadual.

Durante a investigação do caso, Alexander será suspenso e não poderá dar aulas.

(Com agências internacionais)

Internacional