PUBLICIDADE
Topo

Pastor mata assaltante e cuida de vítima de roubo baleada nos Estados Unidos

O pastor David George, 46, matou um assaltante em Oakville, Washington (EUA) - Reprodução de vídeo/KING 5
O pastor David George, 46, matou um assaltante em Oakville, Washington (EUA) Imagem: Reprodução de vídeo/KING 5

Do UOL, em São Paulo

22/06/2018 11h43

O pastor David George, 46, matou um assaltante e salvou a vida de um homem baleado, no hipermercado Walmart da cidade de Oakville, no Estado de Washington (EUA), no último domingo (17), horas após ter presidido um culto e feito um sermão sobre como fazer a diferença na vida de outra pessoa, na Igreja Assembleia de Deus do município.

George estava no hipermercado com sua mulher, filha e neta quando ouviu alguns tiros. Tim Day, 44, havia invadido a loja após roubar um carro e tentava conseguir mais munição para sua arma.

Desesperadas, as pessoas saíram correndo do local. O assaltante saiu do hipermercado em direção a um carro estacionado. O motorista se recusou a deixar o veículo e foi baleado.

O pastor conseguiu atirar em Day, que morreu no local. George além de pastor é paramédico, foi bombeiro voluntário e tem curso de tiros e porte legal de armas. Logo após atirar no assaltante, ele correu com seu kit de primeiros-socorros para acudir o motorista baleado. O homem foi levado de helicóptero até um hospital e permanece internado em estado crítico.

Segundo a polícia, o assaltante já havia sido preso diversas vezes por ter cometido crimes violentos.  "Ele aparentava ter algum problema mental ou com drogas já que agia de maneira paranoica", disse Laura Wohl, porta-voz do Departamento de Polícia do Condado de Tumwater, ao jornal "Seattle Times".

O nome de George só foi divulgado na última quarta-feira (20). O pastor queria privacidade para deixar a polícia investigar o caso. Ele descreveu o incidente como traumático. Mesmo assim, o pastor não se arrepende, já que pode ter evitado a morte de mais pessoas.

(Com agência internacionais) 

Notícias