Topo

Beirute enfrenta escuridão e protestos dois dias após explosões; veja fotos

Um manifestante é retratado em meio à fumaça de gás lacrimogêneo durante protesto perto do parlamento em Beirute, Líbano Imagem: Reuters

Do UOL, em São Paulo

06/08/2020 21h09

A noite de hoje em Beirute, no Líbano, foi marcada por protestos da população contra o governo local. A capital segue na escuridão após a grande explosão de terça-feira (4), que deixou pelo menos 135 mortos e 5 mil feridos.

A população enfrenta uma crise econômica no país e o descontentamento com o presidente Michel Aoun. Além da explosão, o Líbano registrou recorde de casos do novo coronavírus. A informação foi divulgada pelo site da rede de televisão Al Jazeera.

Entre ontem e hoje, 255 novos casos da covid-19 foram diagnosticados em todo o país, maior número em 24 horas desde o início da pandemia. Duas mortes também foram registradas ontem.

Hoje, autoridades libanesas prenderam sob custódia 16 pessoas, na investigação sobre a explosão no porto de Beirute.

O promotor militar Fadi Akiki apontou, em comunicado, que mais de 18 autoridades portuárias e aduaneiras foram questionadas por negligência na manutenção do armazém, além de indivíduos que trabalhavam na região.

Protestos

Pouco mais de 48 horas após o incidente, a cidade é palco de manifestações, especialmente na região próxima ao Parlamento do país.

As forças de segurança libanesas usaram gás lacrimogêneo para dispersar dezenas de manifestantes, que, por sua vez, destruíram lojas e jogaram pedras na polícia, segundo informações da AFP. A polícia reagiu e vários manifestantes ficaram feridos, de acordo com a agência.

Soldados libaneses vão às ruas de Beirute controlar manifestações dois dias após explosões na região portuária Imagem: Reuters
Manifestantes ocupam as ruas de Beirute, na região próxima ao Parlamento Imagem: Reuters

Vídeos mostram o exército libanês bloqueando avenidas para impedir a passagem de manifestantes. É possível ver focos de incêndio, muita fumaça e soldados ocupando as ruas.

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Beirute enfrenta escuridão e protestos dois dias após explosões; veja fotos - UOL

Obs: Link e título da página são enviados automaticamente ao UOL

Internacional