PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
11 meses

Baleia jubarte quase engole dupla de mulheres em caiaques nos EUA; assista

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/11/2020 12h35Atualizada em 05/11/2020 15h09

O que começou como uma manhã tranquila para se passear de caiaque virou quase um encontro com a morte para as norte-americanas Julie McSorley e Liz Cottriel. Elas navegavam pelas águas de Avila Beach quando, por pouco, não foram engolidas por uma baleia jubarte. O momento impressionante foi registrado em vídeo.

"Eu ainda sinto a adrenalina", dise McSorley à estação de rádio KRIV. Ela e a amiga remavam a uma distância de nove metros de baleias, junto a outros navegantes de caiaques, quando uma rede de iscas apareceu ao lado da dupla. "Assim que vi a aquela bola de peixes sair da água, vi a baleia subir", diz Cottriel.

"De repente, eu fui erguida e estava na água", diz McSorley. "Eu pensava comigo mesma, 'vou empurrar'. Tipo, 'vou empurrar a baleia para fora do caminho'. Foi o pensamento mais estranho. Depois, pensei: 'Eu estou morta'. Achei que ela pousaria sobre mim", explicou Cottriel.

Embora imagens feitas por outras pessoas façam parecer que as mulheres foram momentaneamente engolidas pela baleia, na verdade elas acabaram sendo apenas afundadas pelo animal e logo voltaram à superfície com vida e sem ferimentos.

"Quando eu voltei ao carro, estava balançando a camiseta e tirando peixes dela", lembrou Cottriel.

A única baixa do encontro com a baleia foi a perda das chaves do carro de McSorley. Mas ambas ganharam uma história e tanto para contar.

Internacional