PUBLICIDADE
Topo

Meio Ambiente

Reino Unido apresenta plano para zerar emissão de carbono nos transportes

14/07/2021 23h36

Londres, 14 jul (EFE).- O governo do Reino Unido apresentou nesta quarta-feira um plano classificado como "pioneiro no mundo" para zerar a emissão de carbono em toda a rede de transporte até 2050, o que inclui aviões, trens, carros e caminhões.

Grant Shapps, ministro dos Transportes do Reino Unido, afirmou nesta quarta-feira no Parlamento que será aberto um período de consulta entra as partes, com o objetivo de aprovar o quanto antes a estratégia adotada pelo Executivo.

A oficialização das medidas acontecerá em novembro, com publicação às vésperas da Cúpula do Clima da ONU, COP 26, que acontecerá na Escócia e será presidida pelo Reino Unido.

Inicialmente, o governo pretende proibir a venda de todos os veículos novos que emitam carbono até 2040, e que isso seja alcançado no setor da aviação uma década depois.

A redução, no entanto, pode ser antecipada em dez anos, embora os críticos do plano apontem que isso dependerá do rápido desenvolvimento da tecnologia dos combustíveis sustentáveis ecologicamente.

Além disso, o governo britânico ainda se compromete no plano a converter toda a frota de carros oficiais para veículos elétricos até 2027, três anos do previsto.

"Não se trata de impedir que as pessoas façam as coisas, mas sim que precisam fazer de forma diferente", disse Shapps ao Parlamento, sobre a necessidade de reduzir a emissão de carbono.

"Queremos viajar de férias, mas temos que fazer com aviões mais eficientes, usando combustíveis sustentáveis. Ainda dirigiremos carros em rodovias melhoradas, mas com zero emissões", garantiu o ministro.

O porta-voz do Partido Trabalhista (de oposição), para os Transportes, Jim McMahon, garantiu que o governo perdeu a chance de apresentar um projeto "ambicioso e confiável", ao dizer que não foram dados detalhes suficientes sobre como os objetivos serão alcançados.

Meio Ambiente