Exclusivo para assinantes UOL

Refugiados ansiosos por trabalho são cortejados para empregos que americanos desdenham

Patricia Cohen

Em Silver Spring, Maryland (EUA)

  • Andrew Mangum/The New York Times

    Refugiados aguardam para ir ao primeiro dia de trabalho em um frigorífico, em Woodstock

    Refugiados aguardam para ir ao primeiro dia de trabalho em um frigorífico, em Woodstock

Com a previsão de que a taxa de desemprego diminua ainda mais nesta semana, aumenta o coro de queixas a respeito da escassez de trabalhadores, de zeladores a prodígios em informática.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos