Topo

Mulheres japonesas querem lei contra uso obrigatório de salto alto no trabalho

Yumi Ishikawa, 32 anos, entregou uma petição ao Ministério do Trabalho contra a obrigatoriedade do uso de salto alto no trabalho - Jae C. Hong/AP
Yumi Ishikawa, 32 anos, entregou uma petição ao Ministério do Trabalho contra a obrigatoriedade do uso de salto alto no trabalho Imagem: Jae C. Hong/AP
Exclusivo para assinantes UOL

Hisako Ueno e Daniel Victor

Em Tóquio (Japão)

10/06/2019 00h01

O Japão é o mais recente campo de batalha para as mulheres rebeladas contra a tirania do salto alto, com um movimento nascente buscando proteção do governo contra locais de trabalho que exigem esse tipo de calçado.

Milhares de apoiadores se mobil...

Jornais internacionais