Topo

Putin pode estar perdendo o controle sobre a Tchetchênia

O presidente tchetcheno Ramzan Kadyrov discursa durante protesto contra a publicação de charges de Maomé na revista francesa "Charlie Hebdo" - Yelena Fitkulina/AFP
O presidente tchetcheno Ramzan Kadyrov discursa durante protesto contra a publicação de charges de Maomé na revista francesa "Charlie Hebdo" Imagem: Yelena Fitkulina/AFP
Exclusivo para assinantes UOL

Michael Khodarkovsky

23/01/2015 00h04

O homem cujo trabalho era promover a integração da Tchetchênia na Rússia acabou criando um Estado islâmico.

Em 10 de janeiro, um manifestante segurando um cartaz "Eu sou Charlie" foi preso...

Mais Jornais internacionais