Com seis dias de internação, Marisa Letícia tem quadro clínico inalterado

Do UOL, em São Paulo

  • Ernesto Rodrigues/ Estadão Conteúdo

As condições clínicas e neurológicas de ex-primeira dama Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, não sofreram alterações nas últimas 24 horas, segundo boletim médico divulgado no início da tarde desta segunda-feira (30) pela assessoria do hospital Sírio Libanês.

De acordo com o boletim, a ex-primeira dama permanece sedada, na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), sem previsão de alta. As equipes médicas que a acompanham são coordenadas pelo cardiologista Roberto Kalil Filho, médico da família Lula há quase duas décadas, e pelos médicos Milberto Scaff, Marcos Stávale e José Guilherme Caldas.

Marisa Letícia está internada na unidade hospitalar desde a última terça-feira (24), quando sofreu um acidente vascular cerebral do tipo hemorrágico. O primeiro atendimento foi realizado em um hospital de São Bernardo do Campo (GRande SP), onde ela vive com a família.

Doença de Marisa Letícia mata 70 mil pessoas por ano no Brasil

Operação Lava Jato

Marisa Letícia é ré em uma ação penal, junto com o marido, na Operação Lava Jato. Eles respondem pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro em contratos firmados entre a Petrobras e a Odebrecht.

Segundo o Ministério Público, Lula recebeu propina da empreiteira Odebrecht por intermédio do ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, que também virou réu na ação, ao lado do empreiteiro Marcelo Odebrecht, e outras cinco pessoas.

De acordo com a investigação, o dinheiro foi usado para comprar um terreno, que seria usado para a construção de uma sede do Instituto Lula (R$ 12,4 milhões), e um apartamento em frente ao que Lula mora em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo (R$ 504 mil).

A defesa de Lula informou que o ex-presidente aluga o apartamento vizinho ao seu. Além disso, acrescentou que o Instituto Lula funciona no mesmo local há anos e que o petista nunca foi proprietário do terreno em questão.

Segundo os advogados do ex-presidente, a transação seria um "delírio acusatório".

Entenda o AVC

Existem dois tipos de AVC: o isquêmico, mais comum (cerca de 80% dos casos), e o hemorrágico (20%). O primeiro é provocado pela falta de sangue em uma área do cérebro, decorrente da obstrução de uma artéria. Já o hemorrágico, como o de Marisa, é causado pelo rompimento de um vaso intracraniano que promove uma hemorragia cerebral.

O AVC pode se manifestar por um ou mais dos sintomas. Veja quais são:

- Fraqueza ou formigamento de repente, em um dos lados do corpo

- Dificuldade súbita para falar

- Dificuldade súbita para enxergar ou visão dupla

- Dificuldade súbita para caminhar ou perda do equilíbrio

- Tontura com sensação de que tudo está girando

- Dor de cabeça muito forte, de repente, sem causa aparente

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos